Ácido hialurônico – Para que serve e principais cremes para preenchimento

O ácido hialurônico é um tipo de açúcar que existe em grande quantidade no organismo, especialmente nas cartilagens, articulações e em 50% do total do tecido da pele. No campo da estética e dermatologia, ele oferece várias aplicações clínicas como para auxiliar na cicatrização, regeneração de feridas cirúrgicas e eliminação de rugas, linhas de expressão e mancha de pele como olheiras e melasmas.

Esta substância gelatinosa, viscosa e com característica hidrofílica capaz de adsorver o equivalente a mil vezes ao seu peso em água e transformar-se num bloco aglutinado responsável pelo preenchimento dos espaços entre as células e pela sustentação, hidratação e elasticidade da pele. O líquido também possui outras funções como lubrificação das articulações e manutenção da forma esférica do olho.

acido hialuronico

Para que serve o ácido hialurônico

A presença do ácido hialurônico em nosso organismo diminui com o passar dos anos. Essa redução natural é o principal motivo do envelhecimento natural da pele e da aparição de marcas de expressão e rugas – daí, a importância de sua aplicação tópica ou cirúrgica para controlar o desenvolvimento de sinais característicos do avanço da idade.

Médicos dermatologistas utilizam o ácido hialurônico de alto peso molecular em procedimentos cirúrgicos aplicando a substância com uma seringa nos locais necessários para amenizar rugas, disfarçar linhas de expressão, preencher grandes áreas da pele e até alterar o contorno facial. Esse procedimento traz resultados imediatos que se mantém por cerca de seis meses. Para quem ainda ficou com dúvidas sobre o que é, confira a palavra do médico Maurizio Pupo sobre o assunto: 

Cremes com ácido hialurônico

Por sua enorme capacidade de reter água e alcançar as camadas mais profundas da pele, o ácido hialurônico de alto peso molecular é usado pela indústria dermocosmética para a fabricação de cremes hidratantes em larga escala.

Por não ser absorvido pela pele, o creme à base de ácido hialurônico de alto peso molecular mantem-se sobre a pele retendo água e hidratando a epiderme, porém por ser removido ao lavar a pele é necessário reaplicá-lo após cada lavagem para conseguir resultados em curto espaço de tempo.

Já, os cremes fabricados com o ácido hialurônico de baixo peso molecular hidratam as primeiras camadas da pele e estimulam o metabolismo destas camadas graças ao seu poder de penetração.

Os cremes feitos com ácido hialurônico de baixíssimo peso molecular, cujas moléculas são bem pequenas, conseguem atingir as camadas mais profundas da pele promovendo o rejuvenescimento de toda a pele por estimular a produção orgânica do ácido hialurônico.

Os ácidos hialurônicos de baixo e de baixíssimo peso molecular têm seu efeito regenerativo mantido por até 48 horas, que é o tempo gasto pelo organismo para absorvê-lo por completo.

Os cremes industrializados de ácido hialurônico não devem ser usados indiscriminadamente, é o médico dermatologista quem deve prescrever o creme mais adequado às características físicas e biológicas individuais em relação à composição química, a compatibilidade biológica, o baixo risco de alergia, a segurança, o tempo de reabsorção e a baixa imunogenicidade do produto.

Nomes comerciais e preços

  • Hyaluron-Filler Noite, Eucerin, R$ 189.
  • Elixir Redutor de Rugas, Chronos, Natura, R$ 123.
  • Serum Rejuvenescedor Resveratrol Lift, Caudalíe, R$ 379.
  • Anti-Idade Redermic Hyalu C Olhos, La Roche-Posay, R$ 186.
  • Tratamento para Olhos Bio-Performance LiftDynamic, Shiseido, R$ 449.
  • Serum 10 Supreme, Vichy, R$ 199.
  • Bálsamo Iluminador U.SK Advanced Hydra Acids, Under Skin, R$ 230.
  • Hidratante Facial Hydra-Boost Water Gel, média de R$ 65.

Como usar o creme

Sua aplicação é bastante simples: depois de lavar bem a pele, coloque a quantidade suficiente para cobrir o local a ser tratado e espalhe o creme massageando levemente.

O ácido hialurônico é considerado um dos mais seguros entre os produtos para preenchimento cutâneo oferecido pela indústria farmacêutica, porém podem causar eritemas, edemas, hematomas e necrose logo após a aplicação.

Raramente, podem ocorrer o aparecimento de nódulos, granulomas ou surgimento de reações alérgicas entre três e sete dias depois da aplicação em decorrência de infecções causadas pelo próprio creme ou por sua aplicação.

Preenchimento

O preenchimento com ácido hialurônico também é um precedimento muito conhecido, principalmente em relação a tratamento anti-envelhecimento. Conheça uma experiência pessoal da blogueira Claudinha Stocco sobre os efeitos que ela teve:

 


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply