Alergia e Imunologia – O que estuda? Exames, Procedimentos

Alergia e imunologia são especialidades médicas que se destinam ao estudo, e consequente diagnóstico, de doenças que afetam o sistema imunológico. Sendo assim, o especialista em alergia e imunologia trata de casos onde a resistência física do paciente se mostra comprometida devido à fatores externos e internos.

Um dos principais exemplos de fraqueza no sistema imunológico, é o aparecimento de alergias. Portanto, é comum que os médicos façam a especialização nas duas áreas, podendo atuar com mais eficiência nos casos de pacientes que apresentam determinadas condições.

Neste artigo, trataremos mais sobre as especialidades de alergia e imunologia. Acompanhe a leitura e saiba como atuam os profissionais da área.

Alergia e imunologia

O que a alergia e imunologia estudam?

Essas especializações tratam das reações do organismo humano, frente à baixa imunidade e como ele tende a se comportar. Conforme dito, é frequente o desenvolvimento de alergias quando o sistema imunológico do paciente sofre queda.

Sendo assim, alergia e imunologia se dedicam ao cuidado do indivíduo que apresente essas características. É possível identificar anomalias através de exames clínicos e laboratoriais. Da mesma forma, o tratamento pode ser ministrado através de medicamentos orais ou tópicos.

Entenda mais sobre os exames e os procedimentos utilizados pelo especialista em alergia e imunologia.

Exames

Geralmente, os exames nessa área são solicitados a fim de determinar qual o grau de deficiência imunológica do paciente. Além disso, é possível identificar em qual parte do organismo está havendo maior fraqueza e, consequentemente, realizar um tratamento mais eficaz.

Os exames procuram anormalidades em temas específicos. Por exemplo, é possível solicitar exames que detectem problemas de imunodeficiência, doenças auto-imunes e alergias de modo geral. Sendo assim, há um exame especializado para cada suspeita médica.

Os mais solicitados são:

  • Prick: algumas gotas de elementos alérgenos são pingados no braço do paciente. De acordo com a reação do tecido, é possível identificar alergias;
  • Testes de contato: uma fita, com elementos alérgenos, é colada no braço do paciente;
  • Intradérmico: uma pequena amostra do alérgeno é introduzida sob a pele do paciente;
  • Exames de sangue: o exame de sangue irá procurar a presença de anticorpos fabricados contra alérgenos que podem ter tido contato com o paciente;
  • Exames de doença auto-imune: também pela coleta de sangue, é possível identificar enfermidades auto-imunes no paciente.

Procedimentos

Alergia e imunologia2

Os procedimentos que envolvem o tratamento de alergias e imunodeficiências são feitos a partir de medicação via oral e uso de pomadas específicas para minimizar os efeitos das alergias. Entre os principais procedimentos estão:

  • Avaliação e interpretação do resultado de exames;
  • Instruções sobre controle e manutenção das práticas cotidianas tendo problemas relacionados à alergia e imunologia;
  • Imunoterapia;
  • Dessensibilização à alérgenos;
  • Terapia com imunomoduladores.

Além disso, é indicado que o paciente que apresenta alergia se mantenha afastado do alérgeno que lhe traz reações adversas. É muito comum em alergias alimentares, que o indivíduo exclua o alimento de seu cardápio.

Quanto ganha um profissional da alergia e imunologia?

O salário de um médico especializado em alergia e imunologia varia entre R$ 2000 e R$ 6500. Esses valores podem ser modificados de acordo com a região em que ele atua, bem como os tipos de tratamento que são aplicados.

Como se tornar um profissional da alergia e imunologia?

Após a formação em medicina, com residência aplicada à Clínica Médica, é possível solicitar a especialização em Alergia e Imunologia. São dois anos de estudos direcionados, a fim de capacitar o médico a identificar e tratar sintomas que são relativos à baixa imunidade e reações alérgicas em geral.

Quando procurar um alergista e imunologista?

É muito comum que as pessoas procurem o alergista e o imunologista quando apresentam alguma condição física correspondente à reação alérgica. No entanto, vários sintomas que podem parecer comuns são relativos à essa especialização médica, exigindo o tratamento especial desse profissional.

Sendo assim, procure um especialista em alergia e imunologia quando apresentar os seguintes quadros:

  • Recorrência em alergias respiratórias, como rinite e tosse, além da asma, que pode ser melhor tratada por esse profissional;
  • Dor e irritação nos olhos, com vermelhidão e inchaço;
  • Alergias na pele, que causam dor, coceira, ardência, formigamento;
  • Reações alérgicas a determinados alimentos;
  • Imunodeficiências, que podem ter sido descobertas por outros especialistas médicos.

O que diferencia a condição alérgica crônica de um episódio pontual é, justamente, a frequência e o tempo de duração. Por exemplo, quando citamos a tosse, estamos nos referindo àquele tipo de tosse seca, que não consegue ser curada com xaropes específicos.

Portanto, se você notar que se enquadra em alguns desses sintomas, procure um especialista em alergia e imunologia. Ele irá ministrar o tratamento adequado à sua doença e, logo, você já se sentira bem novamente.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply