Dermatologia – Campo de estudo, Curso e Salário médio

A dermatologia é a área que estuda e cuida do maior órgão do corpo humano: a pele. O profissional é chamado de dermatologista e sua especialidade é o diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças relacionadas com a pele, cabelo, unhas e também pelos e mucosas.

Entenda melhor o campo de estudo da dermatologia, conheça os procedimentos mais comuns e veja como se tornar um e todos os detalhes sobre a carreira desse profissional!

Campo de estudo da dermatologia

Dermatologia

É área da medicina em que o campo de estudo é amplo, já que existem mais de 3.000 doenças dermatológicas. O profissional formado e especializado na área cuidará desde a prevenção até o tratamento, incluindo os cuidados gerais.

Além da doenças, que já são muitas, o campo de estudo também envolve tratamentos de beleza e de estética, como por exemplo contra celulite e queda de cabelo.

Sua formação é multidisciplinar, já que a pele existe por todo o corpo e são milhares de doenças possíveis. É necessário estudar desde a anatomia até mesmo a ginecologia entre outros. A pele é o maior órgão do corpo humano e muitas doenças apresentam manchas como um sintoma. Por esse motivo é preciso que o médico tenha amplo conhecimento do corpo humano.

O profissional ainda poderá se especializar ainda mais. Há campo de estudo específico para o desenvolvimento de novos cosméticos, analisando os efeitos dos cosméticos sobre a pele e também seus efeitos colaterais. Esse campo chama-se Cosmetria ou Dermatologia Cosmética.

Há também especialização em Hanseologia e Cirurgia Dermatológica. O primeiro analisa a doença hanseníase e o segundo estuda e realiza cirurgias na pele.

Exames e procedimentos mais comuns

Um dos principais procedimentos que o dermatologista faz é o exame clínico. Através da observação das lesões na pele, ele irá diagnosticar ou até mesmo indicar exames complementares para comprovar (ou não) o diagnóstico feito. Essa análise clínica é feita dentro do próprio consultório. É nesse momento que o profissional também abordará algumas questões como quando surgiu, outros sintomas etc.

Os exames auxiliares mais comuns que precisam ser realizados são:

  • Biópsia;
  • Raspados;
  • Luz de Wood;
  • Citodiagnóstico de Tzanck.

Quanto ganha um dermatologista

 

O mercado de trabalho para um dermatologista é amplo, podendo atuar desde em hospitais públicos como também no sistema particular, em planos de saúde ou consultório próprio. Há também os profissionais que trabalham com a criação de cosméticos.

Segundo o site de empregos Catho, o dermatologista é um dos profissionais mais bem remunerados da medicina. No entanto, isso irá depender da região do país em que atua, sua especialização e também se é rede pública ou privada. O salário médio gira em torno de R$ 9.400,00.

Como se tornar um dermatologista

Dermatologia2

O dermatologista é um médico, portanto é necessário primeiramente cursar medicina. São 6 anos de estudo em período integral e, com o diploma em mãos deverá escolher entre fazer a residência médica ou a especialização. Para se tornar um dermatologista, poderá seguir por 2 caminhos:

Cursar a especialização em Dermatologia reconhecida pela SBD e aprovado em concurso de prova de títulos e habilidades. Esse processo leva cerca de 3 a 4 anos também em período integral;

Fazer a residência em Dermatologia reconhecido pela CNRM (Comissão Nacional de Residência Médica).

Durante todo o período de estudo, o futuro médico dermatologista estuda as doenças, sintomas, tratamentos entre outros. Por ser uma área multidisciplinar, é preciso muita dedicação, força de vontade e estudo.

Após o fim da especialização, o profissional deverá se registrar como médico especialista em dermatologia no Conselho Federal de Medicina (CFM), somente assim será considerado especialista e poderá começar a atuar.

É preciso também registrar os certificados nos Conselhos de Medicina do estado que irá trabalhar para obter o Registro de Qualificação de Especialista (RQE).

Quando procurar um médico dermatologista

O médico dermatologista deverá ser procurado quando notar alguma anormalidade no corpo, como manchas e lesões, que coçam, dói ou ainda que não apresentam nenhum outro sintoma.

Além disso também deverá procurar esse profissional quando:

  • Apresentar problemas de pele (seca, oleosa ou outra);
  • Problemas com sudorese ou suor excessivo;
  • Unhas fracas e quebradiças;
  • Queda de cabelo, principalmente quando começa a apresentar falhas);
  • Celulite;
  • Estrias;
  • Flacidez;
  • Surgimento de pintas suspeitas.

O médico dermatologista possui um campo de atuação extenso, no entanto, também necessita de muito estudo para conseguir alcançar o título de médico especialista nessa área.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply