Estrias – Causas e tipos. Como tratar? Melhores remédios

As estrias são problemas causadas na parte intermediária da derma, elas ocorrem por que houve um rompimento das fibras, especialmente as elásticas. Elas só se rompem quando há o estiramento da pele, ou seja, quando ela acaba sendo muito esticada. Homens e mulheres podem sofrem com este problema, porém ele atinge em sua maioria a população feminina. Vale ressaltar que ele não traz nenhum problema sério, porém causa desconforto devido a sua estética.

Estrias

Causas e Fatores de Risco

Gravidez

Ela é responsável por um ganho de peso de um modo muito rápido e em muitos casos exagerado. No caso das grávidas a região que tende a ficar marcada com as estrias é a barriga, uma vez que para o desenvolvimento do bebê, a pele acaba sendo muito esticada.

Ganho de Peso ou Aumento repentino da estatura

Em especial quando ela ocorre em um curto período de tempo, isso porque não tem como a sua pele ir se adequando a elasticidade que dela é exigida. Caso acontecesse a longo prazo, os efeitos não seriam tão facilmente percebidos.

Excesso de Exercícios

Por incrível que pareça exercícios de alto desempenho acabam forçando não somente os músculos, mas também a pele. Isso pode sim ocasionar lesões na derme, porém não na mesma intensidade que as demais causas.

Colocação de Prótese em especial as de silicone

O simples ato de ter que fazer um corte na pele e colocar uma prótese, algo que não era seu, pode promover o puxamento a cútis. Basta pensar no exemplo dos silicones de peito nas mulheres, por isso há um limite para a quantidade de litros colocada, para que haja problemas estéticos posteriores.

Genética

Este é um fator que pode provocar o aumento das chances de se ter lesões na cútis, tornando a pessoa mais propensa a sofrer com ela.

Doenças

Algumas patologias podem incentivar o aparecimento destas lesões, entre elas têm-se a síndrome de Cushing, a de Marfan e a de Ehlers-Danlos, entre outras.

Quais os tipos existentes?

Atualmente elas podem ser divididas em dois tipos distintos: a primeira possuem uma coloração rosada, isso indica que elas são mais recentes e portanto podem vir acompanhadas de uma coceira e de inflamação.

Já o outro tipo é mais esbranquiçada, que significa que as lesões são mais antigas e que também já estão cicatrizadas.

Saber qual o tipo de estria é, ajuda no momento de escolher um medicamento e/ou uma forma de tratamento adequada.

estrias

Como Tratar

Tratamentos Caseiros

Aloe e Vera

Por incrível que pareça esta planta muito utilizada para tratamentos capilares, também possui um grande poder de cura e hidratação. O modo de uso é bem simples, basta quebrá-la, aquela ‘babinha’ que escorre dela, deverá ser aplicada no local afetado, deixe agir por dez minutos e depois lave.

Açúcar

Ele quando aplicado diretamente na pele acaba produzindo um efeito de peeling, tirando as células mortas mais superficiais e provendo a renovação da derme. Quando aliado ao óleo de amêndoas, ao mesmo tempo que ele esfolia a pele, também a hidrata. É só pegar a mistura, e aplicar na derme até que ela seque (recomenda-se fazer isso antes do banho). Repita o processo ao menos uma vez por dia, durante um mês para começar a notar bons resultados.

Batata

Este alimento tão adorado por muitos, tem incríveis quantidades de sais minerais e de vitaminas, que ajudam na reestruturação da pele. Para utilizar basta pegar uma batata e fatiá-la, em seguida aplique as rodelas na pele e deixe-as agir por aproximadamente 10 minutos.

Fármacos

Cicatricure Gel

O produto a princípio foi desenvolvido para o tratamento de cicatrizes como as de queimadura, pós-operatório, entre outros. Mas que acabou se tornando um sucesso entre as mulheres, devido a sua capacidade de regeneração da pele, especialmente daquelas como as estria.

Ele possui excelentes propriedade hidratantes, devido a sua composição exclusivamente natural, isso promove um melhor aspecto da derme. Isso diminui visivelmente a aparências das lesões.

Os especialistas recomendam que o gel seja aplicado três vezes ao dia e por períodos prolongados, garantindo assim melhores resultados.

Bepantol

Ele é muito utilizado como uma pomada para assaduras ou mesmo cicatrizantes, pessoas que acabaram de fazer tatuagens sempre o usam. Isso porque ele promove a renovação da pele, além de garantir que ela seja devidamente hidratada.

Assim como o caso do Cicatricure, ele é utilizado para suavizar o problema da cútis. Novamente as aplicações devem ser diárias e se manter por algumas semanas para se conseguir bons resultados.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply