Fisiatria – Significado, O que faz, Quando procurar um médico fisiatra?

A Fisiatria é a especialidade médica que reabilita pacientes que sofrem de dores crônicas, doença e outras disfunções que comprometam o funcionamento do organismo.

Usando medidas preventivas e fisioterápicas, essa especialidade diagnostica e tratar males que tomam o corpo; o seu foco é evitar medidas mais invasivas como cirurgias e tratamentos radiológicos, por exemplo.

Entenda um pouco mais sobre a Fisiatria nos próximos tópicos.

Fisiatria2

O papel do fisiatra

Reabilitar é a melhor forma de descrever o trabalho do médico fisiatra (profissional especialista na Fisiatria). Esse ramo da medicina se dedica a estudar e encontrar tratamentos para muitas doenças, desde dores na coluna até sequelas deixadas por um derrame.

É certo que essa especialidade trabalha necessariamente em conjunto com outras áreas médicas. Uma dor na coluna pode estar associada a um problema renal, e somente as medidas da fisiatria não trarão a cura por completo, um nefrologista deve avaliar a extensão da doença.

Esse trabalho multidisciplinar é essencial para que se chegue ao sucesso no tratamento fisiátrico.

Com o diagnóstico fechado o fisiatra recomendará tratamentos como:

  • Utilização de órteses ou próteses
  • Diferentes terapias (termoterapia, eletroterapia, laserterapia, etc.)
  • Tratamentos alternativos como massagem, tração e outros exercícios terapêuticos (pilates, ioga, etc.)
  • Sessões de infiltrações, bloqueio e agulhamento
  • Acupuntura
  • Quando necessário a prescrição de medicamentos

Com algumas dessas medidas, o fisiatra reabilitará a função de um órgão ou membro do corpo atingido por doença crônica. A Fisiatria não realiza cirurgias, todos os tratamentos são superficiais.

Na verdade, o trabalho de um fisiatra é etapa seguinte de um processo cirúrgico que tenha comprometido o sistema locomotor e/ou órgãos vitais do paciente.

Principais exames e outros procedimentos da Fisiatria

A reabilitação proporcionada pelo trabalho do fisiatra depende do diagnóstico preciso. E além de possíveis exames propostos por outro especialista, ainda existem formas para esse profissional avaliar o caminho certo para o tratamento de determinadas doenças.

Então existem próprios da fisiatria que ajudam nessa análise, são eles:

  • Avaliação isocinética
  • Ergoespirometria
  • Eletroneuromigografia
  • Exames mais comuns como ultrassonografia, radiografia, tomografia e ressonância

Junto ao histórico do paciente e um exame clínico, será indicada a melhor forma de realizar a reabilitação.

Fisiatria

Quanto ganha e como se formar um fisiatra?

Essa medicina de reabilitação surgiu na década de 30, e ganhou espaço durante a 2ª Guerra Mundial. No Brasil, a Fisiatria é estabelecida em 1954, com a criação da Sociedade Brasileira de Medicina Física e Reabilitação.

Para se formar fisiatra, o estudante precisará concluir o curso de Medicina, e posteriormente fazer uma pós da área de Medicina Física e Reabilitação. Também é possível ir acumulando ao currículo certificados de subespecialidades ligadas a Fisiatria, e se habilitar nesta especialidade.

O fisiatra trabalhará em clínicas médicas, hospitais, consultórios de fisioterapia e em outras casas de saúde que visem promover a recuperação de seus pacientes.

O salário médio para esse profissional está acima dos 4 mil reais. Tudo dependerá do tempo de especialização e atuação do médico. Esse ganho com o tempo será potencializado.

Quando procurar o especialista em Fisiatria?

Existe uma semelhança que confunde o trabalho do fisiatra com o fisioterapeuta. E como distingui-los? A fisioterapia é a especialidade médica que emprega massagens ou exercícios para tratar uma doença. E como vimos, a fisiatria faz a combinação dos tratamentos fisioterápicos e a utilização de medicamentos, por exemplo.

Sendo assim, se deve procurar um fisiatra nas seguintes situações:

  • Para tratar dores crônicas de doenças como tendinite, lombalgias, fibromialgia, etc.
  • Na reabilitação de oncológica
  • Na recuperação de doenças cerebrais
  • Em pacientes que tenham sido gravemente incapacitados (paraplégicos, tetraplégicos e amputados
  • Atletas que tenham sofrido lesões sérias
  • Como tratamento para doenças reumatológicas (osteoporose, artrite, osteoartrite)
  • Na reabilitação de pessoas que sofram com o esforço repetitivo (LER/DORT)
  • Idosos que estejam se recuperando de alguma lesão causada por queda

O trabalho do fisiatra nesses casos unirá toda questão de exercícios, medicamentos, e não será esquecida a parte psicológica (esse é um outro diferencial da especialidade).

Esse especialista sabe que deverá tratar distúrbios psicológicos que atrapalhem o desenvolvimento da reabilitação. Então desde problemas do sono até outros traumas são considerados numa recuperação promovida pela fisiatria.

Essa especialidade foca em devolver a qualidade de vida de seus pacientes. Não apenas corrigir um problema de saúde. Veja onde encontrar um profissional da fisiatria em sua cidade, e caso apresente alguns dos problemas listados, marque uma consulta.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply