Flacidez na pele – Tipos, Tratamento, Colágeno ajuda? Como acabar.

A flacidez é caracterizada pela redução da tonicidade em razão da perda das fibras. Elas são as responsáveis por dar firmeza e sustentação à pele e aos músculos. O principal motivo para a ocorrência da flacidez é redução da produção de colágeno pelo organismo a partir dos 30 anos. Essa proteína é a responsável pela formação dos tecidos como a pele, músculos, tendões, unhas e cabelo. Com a produção deficiente, ocorre o surgimento das rugas, marcas de expressão e flacidez.

Diferentes tipos de flacidez

Existem três tipos de flacidez: a da pele, tecidual ou tissular, a muscular e a dérmica.

A flacidez tecidual implica na frouxidão da pele causada pela ação do tempo, com a diminuição da produção de colágeno pelo organismo. Além do excesso de sol e estiramentos na pele, como gravidez e o efeito sanfona. Enquanto a flacidez muscular implica a perda de tônus muscular e costuma ocorrer pela falta de prática de exercícios físicos regulares. Ela é caracterizada pelos desgastes das fibras musculares e, por serem profundas, são mais difíceis de serem tratadas.

Pele flácida

Além de ser mais difícil de ser tratada, em caso de uma flacidez muscular a pele terá um aspecto de flácido, mesmo que não possua essa condição. Isso pelo fato da pele acompanhar os músculos. Então, mesmo que a pele esteja um pouco flácida, ela terá um aspecto saudável se os músculos estiverem saudáveis.

Outro tipo de flacidez é a dérmica. Ela é caracterizada pela demora na pele em voltar ao normal após ser esticada. O teste é feito utilizando-se os dedos indicador e polegar como uma pinça. Puxe a pele na barriga ou bumbum e solte.  Se a pele voltar ao normal rapidamente, não há flacidez. Porém, se após soltar a pinça, a pele demorar algum tempo para voltar ao estado normal, então fica caracterizada a flacidez dérmica.

Tratamento para flacidez

O colágeno representa 30% de todas proteínas presentes no organismo. Ela é responsável por dar firmeza e elasticidade à pele. É a substância principal da estruturação, regeneração e formação da pele, unhas, cabelos e músculos. Por isso, as técnicas de tratamento para flacidez geralmente têm o objetivo de repor ou estimular a produção de colágeno pelo corpo.

O aumento na produção de colágeno pelas principais técnicas de tratamento de flacidez, promovem a restauração do tecido celular e a suavização das rugas e marcas de expressão. Além disso, a pele ganha mais firmeza e elasticidade, melhorando o seu aspecto geral.

Os principais tratamentos para flacidez e os mais conhecidos são:

  • Radiofrequência: Duas ponteiras aquecem a pele, superficial e profundamente, por meio da emissão de ondas eletromagnéticas. Elas estimulam a produção de colágeno e elastina. Melhora o aspecto e uniformiza a pele, eliminando celulites e a flacidez, conferindo firmeza à derme;
  • Thermacool: É também um aparelho de radiofrequência. Ele inicia com um resfriamento da pele antes de aquecer a camada mais profunda. Esse tratamento é excelente, por ter uma ação prolongada, levando à produção colágeno por até seis meses;
  • Carboxiterapia: Nesse procedimento, ocorre a infusão do gás carbônico nas camadas da pele. Ele melhora a oxigenação e promove a circulação sanguínea nas regiões tratadas. O resultado é a estimulação do metabolismo celular e a nutrição da pele;
  • Laser Infravermelho: O laser infravermelho estimula a produção de colágeno e elastina ao penetrar a pele profundamente;
  • Accente XL: Essa técnica faz a junção das técnicas, a de radiofrequência e do ultrassom. O aparelho estimula as moléculas de água gerando calor e incentivando a produção de colágeno. Além de contrair as fibras da pele, compactando as células de gordura;
  • Ultrassom Microfocado: Essa técnica é caracterizada por ondas ultrassônicas disparadas em locais pontuais. Ela estimula a formação de colágeno e elastina. O procedimento melhora a pele e reduz a flacidez;
  • Laser de CO2 fracionado: Essa técnica é a mais indicada para a flacidez do pescoço. São raios de feixes menores direcionados na área do pescoço, provocando pequenos desgastes na pele. Isso força a regeneração com maior firmeza, reduzindo rugas e flacidez.

Além das técnicas que incentivam a produção de colágeno pelo corpo, existem alguns suplementos alimentares capazes de repor o colágeno que o organismo deixa de produzir. Manter uma dieta balanceada e a prática de exercícios físicos também promovem benefícios, melhorando o tônus da pele e dos músculos, evitando a flacidez.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply