Garganta inflamada: sintomas, cuidados necessários, remédios e mais.

A garganta inflamada (ou inflamação de garganta) é um dos mais comuns sintomas médicos. Esse problema pode acometer tanto adultos como crianças e pode ser bem doloroso, atrapalhando o dia a dia do paciente.

A maioria dos casos de garganta inflamada está relacionado com doenças infecciosas ou inflamações leves, mas é necessário aprender a diferenciar essa condição. Saiba:

  • Causas;
  • Tratamento;
  • Prevenção;
  • Remédios indicados.

E outras informações importantes. Há tratamentos que são feitos por meio de remédios caseiros para aliviar a dor, gerar um melhor bem estar, diminuir o uso de remédios, sejam eles anti inflamatórios, que em algumas pessoas faz muito mais mal do que os sintomas de tratamento.

Causas da garganta inflamada

Garganta inflamada: sintomas, cuidados necessários, remédios e mais.

A inflamação da garganta pode surgir a partir de vários fatores e se você parar para pensar, esse é um dos sintomas mais frequentes de várias doenças ou infecções virais, sendo um sinal de alerta.

No caso das infecções, isto é, infecção causada por vírus, a garganta inflamada pode ser um sintoma destas causas mais comuns:

  • Gripe;
  • Resfriado;
  • Laringite (concomitantemente, apresenta-se voz rouca e tosse);
  • Faringite (dor para engolir e falar pode surgir, além da sensação de inflamação estar atrás da língua);
  • Amigdalite (vermelhidão, inchaço ou secreção no local são sintomas);
  • Mononucleose;
  • Parotidite infecciosa;
  • Herpangina;
  • Faringoamigdalite (é a infecção na faringe e na amígdala).

Já no caso de infecções bacterianas, é provável que você sinta uma forte dor de garganta. Nesse caso, a garganta inflamada poderá ser causada pelas seguintes complicações:

  • Faringite (pode ser tanto viral como bacteriana);
  • Amigdalite (se for bacteriana, haverá presença de pus);
  • Epiglotite (inflamação da epiglote);
  • Uvulite (inflamação da úvula);
  • Faringoamigdalite.

Existem raros casos que a garganta inflamada pode ser ocasionada por causa de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). Nesse caso, remédio caseiro e remédios naturais não vão resolver, sendo indicado usar um receitado pelo médico especialista nessa enfermidade tida como dor de garganta.

Além das doenças infecciosas, a garganta inflamada pode ser decorrente de irritações e lesões. Veja só alguns exemplos:

  • Baixa umidade;
  • Tabagismo;
  • Uso excessivo da voz;
  • Poluição do ar;
  • Respirar pela boca – que acontece quando você possui algumas alergias ou se está com o nariz entupido, fazendo com que bactérias e sujeira sejam levadas para a garganta;
  • Refluxo de ácido estomacal para a garganta;
  • Machucado feito na garganta;
  • Síndrome da fadiga crônica.

A garganta inflamada pode apresentar mais dores no começo da noite. Por isso é importante ficar atento aos sintomas não somente na garganta, mas sim em outras áreas que também pode ter pus na extensão, como ouvidos ou nariz.

Diagnóstico e tratamento da garganta inflamada

Quando a garganta inflamada persistir por mais de uma semana, é interessante que você procure atendimento médico para que se investigue a causa. O tratamento, nesse caso, deverá ser realizado conforme aquilo que está causando a inflamação na garganta.

Geralmente, o médico realiza um exame físico – pedindo para que você abra a boca para examinar a existência de pus ou inflamação – além de verificar sua temperatura para descartar possível febre. Além disso, você pode ir usando uma xícara de água morna como formas caseiras da garganta aliviar todos os sintomas de inflamação, é melhor do que sofrer sendo que pode ajudar.

Como em qualquer outra situação, inicie as medidas de tratamento o mais rápido possível para evitar problemas maiores. A garganta inflamada é tratada, dependendo da causa detectada, com:

  • Antibióticos;
  • Anti-inflamatórios;
  • Alimentos anti-inflamatórios;
  • Ingestão de muito líquido;
  • Alimentação balanceada;
  • Repouso.

Vale lembrar que se a garganta inflamada for causada por uma infecção viral, o uso de antibiótico é contraindicado, afinal ele é usado para tratar infecções bacterianas. Os sintomas de garganta inflamada podem ser combatidos, chás caseiras é uma forma recomendada que a garganta pode se curar da dor.

Você pode apostar em tratamentos naturais para a inflamação da garganta, pois eles podem auxiliar na redução dos sintomas e no seu desconforto como um todo. Algumas dessas técnicas mais indicadas são:

  • Compressa quente;
  • Chá de alho;
  • Inalação natural;
  • Gengibre;
  • Gargarejo de vinagre misturado com água morna e sal.

É claro que as alternativas naturais não substituem a ida ao seu médico, ok? Somente ele será capaz de prescrever um tratamento adequado para o seu caso. Não se automedique!

Dicas para prevenir a garganta inflamada

Garganta inflamada: sintomas, cuidados necessários, remédios e mais.

Mesmo que seja difícil nos prevenirmos de uma inflamação de garganta, é possível que você tome alguns cuidados diários para, pelo menos, diminuir os riscos associados ao seu surgimento.

Além da boa ingestão de água para evitar a desidratação, você pode seguir essas dicas:

  1. Tome cuidado quando estiver com o nariz congestionado;
  2. Não fume;
  3. Não utilize outros produtos de tabaco;
  4. Evite a exposição ao fumo passivo;
  5. Cuidado com a troca de temperatura ambiente;
  6. Não force sua voz;
  7. Fique longe de agentes irritantes, como, por exemplo, do ar-condicionado;
  8. Higienize as mãos com frequência;
  9. Tente evitar de respirar pela boca.

Alguns alimentos devem ser evitados quando você estiver com a garganta inflamada, pois eles podem retardar sua recuperação. Quer saber quais são?

  • Cafeína;
  • Laticínios tradicionais;
  • Álcool;
  • Açúcar.

Para a dor de garganta, você pode optar por líquidos quentes para dilatar os vasos sanguíneos na região das amígdalas. Muitos deles são remédios caseiros de dor, isso é, acabam com os sintomas localizados.

Remédios indicados para garganta inflamada

Por estar dependente da causa, a garganta inflamada pode ser tratada com várias medicações. Na realidade, aquelas mais conhecidas e mais prescritas pelos especialistas são:

Estes remédios irão combater o causador da inflamação, com os sintomas podendo diminuir entre 24 a 48 horas – se há febre, o cuidado precisa ser bem maior.

É necessário que você tenha atenção para a não interrupção do tratamento, pois mesmo que você apresente melhoras, parar com a administração dos remédios poderá fazer com que a inflamação volte de forma mais agressiva.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 2,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply