Genética Médica – O que estuda? Exames, Procedimentos e Salários

Já ouviu falar sobre Genética Médica? Sabia que é possível diagnosticar e tratar uma infinidade de doenças a partir do mapeamento genético?

Você sabia que muitas doenças que se desenvolvem no organismo humano, vêm de predisposições genéticas que apresentamos desde nascer? Para diagnosticá-las e definir qual o melhor método de tratamento, é indicado que se procure um especialista em Genética Médica.

Esse médico, que é especialista nas doenças transmitidas pela hereditariedade, fará um mapeamento dos seus genes, a fim de identificar quais são as dificuldades do nosso organismo e, baseado em resultados precisos, diagnosticar e traçar os melhores caminhos para o tratamento.

Quer saber tudo sobre esse ramo da Medicina? Então, acompanhe a leitura!

Genética Médica

O que estuda a Genética Médica?

Como já dissemos, a Genética Médica é o ramo da Medicina que atua no diagnóstico, tratamento ou no controle de distúrbios físicos que sejam causados por questões hereditárias e/ou genéticas. Dessa forma, podemos identifica-la como uma especialidade que trata o paciente, mas que, efetivamente, analisa todo o seu histórico familiar.

Basicamente, a Genética Médica age em áreas conjuntas, indo desde o mapeamento genético, até o atendimento clínico. Dentro desse escopo, o especialista é capacidade para atender o paciente, bem como solicitar exames específicos sobre essa área e, consequentemente, fazer procedimentos relacionados.

Quando compreendemos que todo o nosso corpo é composto por células e que cada uma delas carrega uma enormidade de informações, chegamos à conclusão de que, pautado no estudo dessas informações, que estão gravadas em cromossomos, nós seremos capazes de entender possíveis alterações genéticas. É dentro dessa área que o especialista em Genética Médica trabalha.

Quais os procedimentos mais comuns da Genética Médica?

Baseado no que faz um especialista em Genética Médica, conseguimos determinar que é possível atuar nas seguintes áreas:

  • Terapia gênica;
  • Neurogenética;
  • Oncogenética;
  • Aconselhamento genético;
  • Reprodução assistida;
  • Teste de paternidade;
  • Medicina legal.

Dentro dessas subdivisões do ramo da Genética Médica, é muito comum que os procedimentos estejam relacionadas à elas. Isso significa que os médicos poderão solicitar e atuar em procedimentos que sejam respectivos às áreas acima citadas.

Por exemplo, podemos citar a situação de pais, que desejam ter um filho e que, por algum motivo, apresentam dificuldades em conceber uma criança. Nesse caso, um especialista em Genética Médica pode ajuda-los a realizar o sonho da natalidade.

Além desse exemplo que demos, os médicos geneticistas também podem atuar nos seguintes procedimentos:

  • Tratamentos preventivos, que podem ajudar a diagnosticar e cuidar de doenças presentes no histórico familiar (como alguns casos de câncer);
  • Mapeamento genético;
  • Fortalecimento imunológico.

Quanto ganha um especialista em Genética Médica?

Genética Médica

Essa é uma especialidade da Medicina que acaba atraindo muitas pessoas. Mesmo sendo relativamente complexa e baseada em análises constantes, a Genética Médica pode se tornar ainda mais interessante, devido ao alto retorno financeiro que ela gera.

Por ter poucos profissionais dedicados à essa área, os convênios médicos nem sempre disponibilizam especialistas geneticistas. Sendo assim, a maioria das consultas passam a ser particulares, o que gera um bom ganho monetário ao médico.

Entende-se que os especialistas em Genética Médica, atualmente, ganham, em média R$ 9.000. Esses valores ainda podem ser modificados de acordo com a região onde o profissional atua, bem como na quantidade de pacientes atendidos. O tempo de experiência na área também influencia no aumento do salário.

Como se tornar um especialista em Genética Médica?

Por ser um ramo especifico da Medicina, compreende-se que, para se tornar um especialista em Genética Médica, é necessário se graduar no curso principal. Após os seis anos comuns de Medicina, com mais três em especialização, é possível atuar no ramo de Genética Médica.

Quando procurar um especialista em Genética Médica?

O ideal é entrar em contato com esses especialistas, no momento em que se deparar com alguma doença que seja recorrente em família. Por exemplo, no caso de morte de por câncer em parentes diretos. Além disso, a Genética Médica também pode ser utilizada de modo a colaborar com o mapeamento de doenças pré-existentes e, indo além, para auxiliar pacientes que tenham problemas de saúde.

No entanto, a Genética Médica não trata apenas de doenças. Como já citamos, esse ramo é muito procurado nos casos de necessidade de ajuda para engravidar e/ou manter uma gravidez.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply