Gengibre emagrece – Como usar?

O gengibre é uma raiz tuberosa originária da Ásia. Ele pode ser consumido de diversas formas, desde incluído em receitas de bolos e biscoitos, além de chás, óleos ou desidratados e até mesmo cru. É um alimento termogênico e melhora o metabolismo corporal e a queima das gordurinhas indesejadas, levando ao emagrecimento. Além dos efeitos emagrecedores do gengibre, ele possui substâncias com ação medicinal como o gingerol, cafeno, feladreno, zingibereno e zingerona. Esse conjunto confere ao gengibre ações anti-inflamatórias, antibacteriana e desintoxicante. Aliás, o gengibre ainda melhora os sistemas circulatório, digestivo e respiratório.

Gengibre

Como o gengibre age sobre o corpo e ele realmente emagrece

O gengibre pode ser considerado um emagrecedor natural por ser um alimento termogênico. São considerados termogênicos os alimentos que aumentam a temperatura corporal ao serem ingeridos. Essa ação induz o corpo a gastar mais calorias para executar tarefas essenciais para o seu funcionamento como a respiração, digestão e manutenção dos batimentos cardíacos. Ou seja, o organismo consome mais calorias em atividades corriqueiras, acelerando o metabolismo com o aumento da temperatura corporal.

É óbvio que o maior consumo de calorias implica no aumento da queima de gorduras corporais. Por esse motivo, o processo leva ao emagrecimento. Os alimentos termogênicos como o gengibre podem ser considerados como uma forma inteligente de se perder peso, sem a necessidade de dietas super restritivas que são perigosas e difíceis de serem seguidas por longos períodos. Claro que o efeito emagrecedor do gengibre pode ser potencializado se for associado como uma alimentação balanceada e com atividades físicas regulares.

Para se ter uma ideia do poder termogênico e emagrecedor do gengibre, estima-se que o consumo do tubérculo aumente o gasto calórico em mais de 10%.

Quais as outras vantagens em seu consumo

O gengibre é um alimento bem completo e o emagrecimento não é a única de suas vantagens. O consumo do tubérculo como planta medicinal é conhecido. Ele tem resultados positivos no funcionamento dos sistemas circulatório, digestivo e respiratório. Além disso, possui ações desintoxicantes, anti-inflamatórias e antibacterianas que auxiliam o tratamento de diversos males. Alguns dos benefícios do gengibre, além da perda de peso, são:

  • Melhora o sistema digestivo: Combatendo enjoos, gases, má digestão, náuseas (principalmente as decorrentes do tratamento do câncer) e a perda de apetite. Melhora a digestão de alimentos ricos em gordura e ainda é capaz de beneficiar o funcionamento do fígado. Bastante usado em remédios como laxantes, antigases e antiácidos.
  • Previne úlceras: o consumo do gengibre previne a formação de úlceras estomacais, por eliminar a bactéria H. Pylori. Essa bactéria é a principal causa de problemas estomacais. Esses benefícios acabam protegendo também o estômago de complicações como o surgimento de câncer.
  • Melhora o sistema circulatório: o gingerol presente no gengibre é um potente antioxidante e anti-inflamatório. Ele combate os radicais livres e melhora o fluxo sanguíneo, promovendo a saúde das artérias.
  • Combate o mau hálito: por ter um efeito adstringente e antisséptico, o gengibre combate o mau hálito. Além de estimular o sistema digestivo.
  • Melhora a artrite: as características anti-inflamatórias do gengibre são capazes de aliviar as dores provocadas pela artrite. Ele reduz a intensidade das inflamações nas articulações.
  • Melhora o sistema respiratório: tem ação direta na melhora de infecções respiratórias. Alivia quadros de tosse, asma e bronquite, por sua ação antibacteriana e anti-inflamatória.
  • Ação anti-idade: o efeito antioxidante do gengibre previne o envelhecimento precoce. Ele combate os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento celular, além de desintoxicar o organismo.
  • Auxilia a redução dos níveis de açúcar no sangue: o gengibre atua no organismo induzindo a absorção da glicose pelas células dos músculos sem necessidade da atuação da insulina. Dessa forma, ela contribui para o controle dos índices glicêmicos e a produção de insulina, sendo bastante interessante para os portadores de diabetes tipo 2.
  • Redução dos níveis de colesterol ruim (LDL): ação antioxidante do gengibre e sua característica termogênica conseguem eliminar o colesterol ruim presente no sangue, reduzindo seus níveis.
  • Melhora a capacidade cerebral e evita o Alzheimer: os efeitos antioxidantes do gengibre e sua ação anti-inflamatórias são capazes de inibir o estresse oxidativo no cérebro e as inflamações crônicas que causam o envelhecimento precoce e podem levar ao surgimento de doenças como o Alzheimer.
  • Melhora o sistema imunológico: as ações antibacterianas e anti-inflamatórias do gengibre inibem o surgimento de infecções e inflamações, incluindo infecções respiratórios comuns como gripes e inflamações de garganta.

Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply