Geriatria – O que faz, salário médio e quando procurar

Geriatria é a especialidade médica que cuida de pessoas idosas atuando no estudo, prevenção e tratamento de doenças relacionas ao avanço da idade.

Algumas confundem a geriatria com a gerontologia, mas na verdade, são condições diferentes, já que a segunda, apenas estuda o envelhecimento em si.

Geriatria2

Quais são os procedimentos mais comuns dentro dessa área?

Com o passar dos anos a capacidade funcional do organismo reduz gradativamente, é nessa fase que começam o aparecimento de diversas doenças crônicas e condições de saúde relacionados ao envelhecimento.

Por isso, existe uma grande necessidade do ser humano buscar a prevenção. A Geriatria é um campo da medicina que avança com o objetivo de proporcionar mais longevidade aos idosos, para isso, as principais abordagens dessa área são:

  • Avaliação clínica dos aspectos físicos e psicológicos;
  • Prevenção de doenças;
  • Tratamento de demências, pressão alta, diabetes, osteoporose, doenças cardiovasculares, colesterol alto;
  • Tratamento de doenças de múltiplas causas como: Tonturas, incontinência urinária, quedas, delírio, insuficiência cognitiva, depressão, perda de massa muscular e outras;
  • Aumento no nível de dependência;
  • Cuidado e apoio em doenças terminais;

Para a manutenção de saúde em idades mais avançadas, o profissional realiza o planejamento de prevenção doenças adotando estratégias como:

  • Mudança alimentar;
  • Incentivo ao exercício físico;
  • Abandono de certos hábitos como: Tabagismo, álcool e abuso de medicamentos;
  • Realização de exames e diagnósticos para o tratamento adequado de doenças;
  • Ficar atento aos sinais de maus tratos;
  • Treinar cuidadores para dar a atenção necessário ao idoso;
  • Orienta a criação de condições ambientais para um idoso;

Como se tornar um geriatra?

A pessoa interessada deve ingressar na Universidade de Medicina para Clínica Médica, são 6 anos, depois, a especialização em geriatria leva mais 2 anos, totalizando 8 anos de estudos.

O mercado de trabalho para essa área está em crescente demanda, pois a medida que a população envelhece, é necessário de especialistas para esse campo de atuação.

Estima-se que no ano 2042, o Brasil terá uma população de quase 50 milhões idosos, praticamente o dobro do que tem atualmente. As regiões SUL e SUDESTE são as que mais oferecem vagas para essa especialidade devido a preferência das pessoas dessa faixa etária viverem nesses lugares.

Quanto ganha um profissional dessa área?

O médico geriatra tem uma campo vasto de trabalho, pode atuar em clínicas, hospitais, rede pública e privada, universidades, centros de pesquisa, centros de reabilitação de idosos, clínicas de retaguarda, entidades comunitárias e outros.

Os ganhos podem variar de acordo com as horas trabalhadas e também das instituições de atuação.

De acordo com o CAGED, um geriatra que atua 26 horas semanais, recebe em torno de R$ 6.301,11. No entanto, vale lembrar que esse valor é o que um  profissional recebe em instituições onde atua com carteira assinada.

Em muitos casos, os médicos tem mais de uma emprego e também atuam de forma particular.

Geriatria

Quando procurar um médico geriatra?

Quando o indivíduo chega na terceira idade, é ideal buscar ajuda de uma especialista que está preparado para agir na prevenção e tratamento de doenças que comumente surgem nessa faixa etária.

No geral, é indicado procurar o geriatra à partir dos 60 anos de idade, mas, nada impede que o indivíduo busque o especialista antes como medida preventiva de doenças.

O geriatra é um médico generalista, portanto, é preciso lançar mão do preconceito e se preocupar mais com a saúde, pois as doenças crônicas são a maior causa de sofrimento entre as pessoas da terceira idade e muitas vezes podem ser prevenidas.

Ou seja, buscar ajuda de um médico geriatra não indica que você está ficando velho, mas sim, possui uma preocupação em envelhecer de forma saudável, ou seja, é uma estratégia inteligente.

Não se deve esquecer que o corpo começa a envelhecer à partir dos 30 anos, entretanto, à partir dos 40 ou 50 já é possível fazer uma avaliação geral da saúde e buscar medidas de prevenção que embasem um envelhecimento mais saudável e com menos sofrimento.

Envelhecer é inevitável, mas é possível que esse processo ocorra da forma mais confortável possível. O especialista em geriatria pode ajudar!


Referências utilizadas neste conteúdo:

https://sbgg.org.br/espaco-cuidador/o-que-e-geriatria-e-gerontologia/

https://noticias.r7.com/brasil/numero-de-idosos-no-brasil-deve-dobrar-ate-2042-diz-ibge-25072018


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply