Com qual idade vou entrar na menopausa? Quais os fatores determinantes?

A menopausa é um novo estágio na vida da mulher em que acontecem transformações no organismo que aumentam a possibilidade de surgir e de agravar doenças diversas. Esse fenômeno é marcado pela última menstruação, que ocorre entre os 48 e os 51 anos, em que a produção dos hormônios femininos é interrompida pelos ovários.

menopausa

Apesar da menopausa ocorrer geralmente no período acima mencionado, é possível que as mulheres comecem a sentir ondas de calor, tão comuns na menopausa, a partir dos 42 anos. Depois do aparecimento dos sintomas, a menopausa pode levar até cinco anos para se instalar definitivamente. Esse intervalo é denominado de climatério, um tempo de transição até a menopausa propriamente dita, em que o organismo vai parando aos poucos a produção dos hormônios estrogênio e progesterona.

Sintomas da menopausa

Esse período é marcado por algumas mudanças no corpo da mulher. A intensidade ou mesmo a duração do fluxo menstrual é modificada, fazendo com que fique mais espaçada, até parar por completo. Nessa época, normalmente as mulheres sofrem com os inúmeros sintomas que indicam a menopausa, a saber:

  • Ausência da menstruação;
  • Ressecamento da região vaginal;
  • Ondas de calor;
  • Suores noturnos;
  • Insônia;
  • Queda do desejo sexual;
  • Redução da atenção e memória;
  • Osteoporose;
  • Aumento do risco de doenças cardiovasculares;
  • Mudanças na distribuição da gordura corporal;
  • Surgimento potencial de depressão.

Em alguns casos pode ocorrer ainda a menopausa precoce, que é quando os sintomas começam a aparecer antes dos 40 anos de idade. Em geral a causa é desconhecida, mas pode estar relacionada a aspectos genéticos, infecciosos, imunes ou mesmo devido ao fato da mulher já ter passado por radioterapia, quimioterapia ou mesmo cirurgia.

10 dicas para você lidar melhor com a menopausa

Cuidado com a balança

Na menopausa o metabolismo da mulher muda, isso faz com que se ganhe peso mais facilmente nesse período. O aumento de peso é ruim, pois ele piora as ondas de calor além de aumentar o risco de doenças cardíacas.

Cuidado com a balança

Coma alimentos saudáveis

Para ajudar a manter um peso equilibrado, prefira frutas, legumes, verduras e produtos pouco calóricos. Por outro lado, é essencial diminuir o consumo de gorduras, açúcar em demasia, refrigerantes e comidas muito salgadas.

Faça atividade física

A prática de exercícios físicos diários é uma grande aliada para a mulher que está na menopausa, pois tais atividades vão ajudar a fortalecer ossos e músculos, além de combater o excesso de peso e liberar adrenalina, dando uma sensação de bem-estar e espantando o estresse. Escolha algo entre caminhada, hidroginástica e pilates.

Atividade fisica

Refresque-se

Para diminuir as ondas de calor, procure locais arejados. Outra dica é evitar consumir bebidas quentes quando o calor chegar. Beba sucos de frutas água ou leite frio e não ingira refrigerantes ou bebidas alcoólicas geladas.

Humor costuma variar nessa fase

As mudanças hormonais comuns nesse período costumam deixar a mulher mais sensível, irritável e propensa à depressão. Logo, é importante conversar com seus familiares e amigos, para que todos entendam essas variações. Caso você sinta que a depressão está próxima, procure a ajuda de um psiquiatra ou de um ginecologista.

Não fume

O cigarro prejudica bastante a saúde da mulher na menopausa. Em primeiro lugar, aumenta a ocorrência e a intensidade das ondas de calor. Além disso, aumenta a chance de sofrer um infarto ou um acidente vascular cerebral (AVC).

Consuma vitamina E

A ingestão diária de vitamina E tem o poder de diminuir os sintomas relacionados à menopausa. É recomendável que se consuma 400 Ul todos os dias. Procure um médico para saber como você pode ingerir essa substância.

Vitamina E

Beba chá de camomila ou salva

O consumo desses tipos de chá ajuda a restabelecer o equilíbrio hormonal do organismo feminino. É recomendável que o chá seja ingerido pelo menos três vezes por semana.

Durma bem

Procure dormir cerca de oito horas por noite, pois isso ajudará a combater o excesso de cansaço e a fadiga que costumam se intensificar nesse período da menopausa.

Dormir

Atenção à saúde: os cuidados com a sua saúde devem ser ampliados a partir da menopausa. Isso porque mulheres com menopausa têm propensão a outras doenças, como hipertensão, diabetes e problemas na tireoide. Visite o médico regularmente.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply