Infarto – Sintomas e Causas em jovens ou adultos. Como identificar?

De acordo com divulgações do Ministério da Saúde, mais de 150 mil brasileiros sofrem infartos anualmente.  O documento ainda mostra que a situação é mais comum em pacientes acima de 50 anos, mas também pode atingir jovens com 20. Conhecer os sintomas, é preciso para saber quando procurara a emergência.

Sintomas do infarto

Conhecer os sintomas é essencial para que se possa ter tempo suficiente de conseguir o socorro médico adequado e reconhecer quando são necessárias mudanças de hábitos afim de preveni-lo.

sintomas do infarto

Dor torácica

O sintoma mais característico do infarto é a dor torácica. No entanto, é necessário atentar-se aos outros sinais, pois esse mesmo sintoma pode indicar outro tipo de problema. Durante um infarto, a dor torácica fica centralizada ou um pouco mais a esquerda, próximo ao coração. O paciente sente como se algo estivesse fazendo pressão em seu peito.

Em muitos casos, principalmente em homens, a dor no peito se espalha para os braços, ombros e cotovelos. As vezes pode alcançar o pescoço, a mandíbula e o abdômen.

Tosse

Em alguns casos, a tosse pode sim ser um sinal de gripe, bronquite ou até pneumonia. Mas ela também pode indicar que um ataque cardíaco está prestes a acontecer. Antes do infarto, o pulmão se enche de fluídos, causando a tosse. É muito comum os pacientes ignorarem acreditando ser um resfriado ou uma crise alérgica. Caso a tosse persista ou seja acompanhada de sangue, procure um médico o quanto antes.

Batimentos cardíacos acelerados ou irregulares

Esse é outro sintoma bem característico de um infarto. O coração acelera e causa batimentos irregulares. Pode também ser um sintoma de outras doenças cardíacas, como a arritmia. Seja o que for, precisa ser tratada.

A atenção deve ser redobrada quando os batimentos irregulares são acompanhados de outros sintomas como a dificuldade em respirar, fraqueza e tontura.

Tontura e fraqueza

Também são sintomas que podem indicar que um infarto está prestes a acontecer. Em alguns casos, a vertigem causada pode ocasionar em um desmaio.

Assim como a tontura e a vertigem, o cansaço pode acontecer alguns dias antes do infarto. Pode representar outro problema, mas avalie o caso geral e veja se você não está sentindo outros sintomas que podem avisar sobre o infarto.

Suor frio

Durante o ataque, é comum que o paciente transpire bastante e frio. O alarme de perigo soa quando a transpiração excessiva acontece sem uma causa aparente. O paciente pode estar sentado vendo TV ou lendo um livro e de repente começa a suar frio. Isso significa que o infarto está mais próximo do que se imagina.

Esse sintoma é geralmente mais comum em mulheres do que em homens.

Os sintomas de infarto são diferentes em homens e mulheres?

Em alguns aspectos os sintomas são semelhantes, mas também há diferenças consideráveis que é preciso saber para identificar um infarto. Por exemplo, a dor torácica. Nos homens é mais comum ela se irradiar para os braços. Já e mulheres ela se irradia por todo o peito, causando uma sensação de rigidez na região. Além disso, é comum que essa dor se espalha pelo pescoço até a mandíbula.

Outro sintoma de infarto característico em mulheres são as dores de estômago e a sensação de intensa pressão abdominal. A tontura, náusea e a falta de ar geralmente em mulheres acontecem de uma vez.

O que fazer quando perceber os sintomas de infarto?

A resposta é unânime: procurar ajuda médica o mais rápido possível. Para isso, ligue para algum serviço de emergência:

  • Samu — 192;
  • Bombeiros — 193;
  • Algum outro serviço de emergência em sua cidade.

Solicite uma ambulância e diga que é um infarto. Se a ambulância for demorar mais que 20 minutos, o melhor é levar o paciente para o hospital mais próximo de carro. Durante o infarto, o paciente não deve em hipótese alguma realizar nenhum tipo de esforço, muito menos dirigir!

A massagem cardíaca é útil enquanto a ambulância não chega. Para isso deite a pessoa confortavelmente e afrouxe suas roupas e acessórios, pois o corpo tende a inchar. Posicione suas mãos no peito do infartado, na altura dos mamilos.

Você deverá fazer uma forte pressão usando o peso dos ombros, e não do cotovelo ou apenas nas mãos. A pressão deverá fazer com que o peito desça até uns 5cm. Os movimentos precisam ser rápidos e vigorosos, duas vezes a cada segundo, totalizando 120 repetições por minuto. Não pare a massagem até a ambulância chegar. Se for preciso descansar ou perder suas forças, outra pessoa deve continuá-la. Abaixo segue a indicação oficial de como realizar a massagem cardíaca:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply