Malária – Sintomas, Transmissão, Tratamento e medidas de profilaxia

A malária é uma doença causada pela infecção por protozoários do gênero Plasmodium transmitida pela picada da do mosquito fêmea do tipo Anopheles. A presença do parasita leva à destruição dos glóbulos vermelhos e, por sua vez, a anemia profunda.

A doença é considerada endêmica em países tropicais como o Brasil e países da África, locais em que a proliferação dos mosquitos é maior dada as condições de tempo e flora.

Transmissão da malária

O processo de transmissão inicia-se após a picada da fêmea do mosquito Anopheles, infectada por protozoários do gênero Plasmodium. O protozoário é transmitido ao homem após a picada do inseto, por meio da corrente sanguínea. Casos mais raros se dão por meio de transfusão sanguínea ou infecção vertical da mãe para o bebê durante a gestação.

Pessoas que tenham viajado recentemente para um país onde a malária exista e que apresentaram febre ou outros sintomas particulares da doença devem procurar um médico com urgência. Nesse sentido, um profissional de saúde realizará testes de sangue para averiguar a causa da febre e, caso tenha malária, qual tipo.

Pessoas que moram perto de rios, lagos e lagoas devem tomar cuidado, já que estes locais são mais suscetíveis a proliferação dos mosquitos.  Não obstante, a ausência de informações, serviços médicos insuficientes ou baixa condição financeira para prevenir a doença também corroboram com a transmissão.

Alguns grupos que sofrem mais quando contraem a doença, sejam eles: bebês, crianças pequenas e gestantes.

malária transmissão

Tratamento

O médico prescreverá um medicamento ou uma combinação, dependendo do tipo e de onde está a infecção. Em sua grande maioria, a malária é tratada com medicação em casa. Além das soluções antibióticas dadas gratuitamente pelos postos de saúde, é recomendado o repouso e constante hidratação do corpo. Apenas infecções graves requerem terapia com drogas intravenosas.

Sintomas da malária

Algumas infecções apresentam hipertermia, ao passo que outras manifestam-se como uma gripe, com dores de cabeça, fraqueza e sudorese intensa. À medida que a infecção avança, a febre fica menos gravosa e o paciente acha que está melhorando. Entretanto, a infecção pode permanecer incubada por vários anos.

Cada tipo de malária traz a sua própria complicação, como:

  • PlasmodiumFalciparum: pode ser que haja o desenvolvimento de anemia hemolítica, insuficiência rena, coma e óbito. O tratamento para esse tipo de malária é uma emergência médica.
  • Plasmodium ovale: embora essa espécie também possa causar anemia, raramente leva o paciente a óbito.
  • Plasmodiumvivax: é possível desenvolver anemia e ruptura do baço, que poderá ser fatal.
  • Plasmodiummalaria: raramente há risco de morte, mas é uma doença de longa data e pode ocasionar insuficiência renal.

malária sintomas

Medidas profiláticas

Como forma de prevenção, sugere-se que pessoas que viajarão para áreas onde a malária exista procure alguns medicamentos previamente.

Diante disso, repelentes e roupas cobertas ajudam a evitar picadas do mosquito. Nessas regiões, opte por calças ao invés de shorts e camisas de mangas compridas, principalmente durante o início da noite e ao anoitecer, período esse que os mosquitos preferem para se alimentar. Para mais dicas de medidas profiláticas consulte o guia pratico de tratamento da malária no Brasil, disponibilizado pelo Ministério da Saúde.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply