Manchas na pele – O que é? Como tratar?

As manchas na pele são bastante comuns e podem surgir de várias formas. No entanto, é recorrente a influência da exposição excessiva ao sol como fator predominante ao aparecimento desse problema. Isso porque os raios solares estimulam a produção de uma substância denominada melanina, que dá cor à pele, mas as alterações hormonais, o consumo de medicamentos e outros aspectos acabam afetando a melanina e proporciona manchas diversas no corpo. Veja a seguir cinco dos tipos mais comuns e saiba como tratar cada um deles:

Manchas na pele

1. Manchas escuras no rosto (melasma)

O melasma nada mais é que uma mancha escura que aparece na região das maçãs do rosto, que costuma surgir durante a gravidez e a menopausa. Isso ocorre por conta de aspectos hormonais, que irritam os melanócitos, causando o escurecimento de certas partes da face. Isso é agravado quando a pessoa é exposta ao sol.

Para evitar ou para acabar com a melasma, é importante passar protetor solar com fator de proteção máximo. Além disso, evite a exposição prolongada ao sol, fique longe de carros estacionados em áreas quentes e também de fornos. Há também cremes e pomadas indicadas para o tratamento deste problema, caso da hidroquinona e da Vitanol A.

2. Manchas por causa do sol

As manchas provocadas pela exposição solar geralmente ocorrem em quem tem pele clara ou morena e fica muito tempo sob o sol sem o uso de proteção. Rosto, pescoço, braços e mãos são normalmente as áreas mais afetadas nesses casos.

É mais comum aparecer em pessoas acima dos 40 anos, ainda que jovens também possam ser afetados.
O tratamento depende da intensidade das manchas. No caso das mais claras, duas semanas de esfoliação garantem ótimos resultados. Nas mais escuras e em maior quantidade, é indicado ir ao dermatologista, que vai apontar os produtos mais recomendados para cada situação.

Pessoas com muitas manchinhas pode indicar câncer de pele. Cremes clareadores podem ajudar a eliminar as manchas, mas são mais eficazes os tratamentos estéticos como laser peeling e luz pulsada.

3. Manchas vermelhas

As manchas vermelhas são conhecidas no meio médico como dermatite. Elas podem aparecer na pele como consequência de uma alergia, por exemplo, a alimentos alergênicos, como o morango, o camarão ou o amendoim, ou a produtos na pele, caso de perfumes, cremes e demais cosméticos. Pulseiras e colares também podem provocar esse tipo de mancha na pele.

Para acabar com esse problema é indicado um creme à base de corticoides, que deve ser aplicado duas vezes por dia até o desaparecimento dos sintomas. Indica-se a ida a um dermatologista, que vai tentar identificar a causa da alergia e o que pode ser feito para amenizar seus efeitos e evitar o contato com o agente causador do problema.

4. Pano branco (micose)

O pano branco, também chamado de micose de praia, ocorre por conta de uma infecção causada por um fungo, levando ao aparecimento de várias manchas pequenas esbranquiçadas. Com o tempo, a micose avança pela pele e a pessoa só vai perceber ao se expor ao sol e concluir, erroneamente, que a causa é a praia. O fungo que causa o problema existe na pele em quantidade controlada, mas acaba se proliferando quando a imunidade está baixa, o que faz aparecer a micose.

Para tratar desse problema é recomendável um creme antifúngico, a ser aplicado duas vezes por dia durante três semanas. Quando a área afetada é muito grande, por exemplo, toda a região das costas, pode ser indicado pelo especialista um antifúngico oral, caso do Fluconazol.

5. Mancha causada pelo limão

As manchas causadas pelo limão são conhecidas cientificamente por fitofotodermatite. Elas ocorrem quando limão entra em contato com nossa pele, que em seguida é exposta ao sol. Isso faz com que a própria pele reaja, podendo aparecer uma queimadura ou mesmo algumas manchas escuras, em especial nas mãos.

Para tratar desse problema é recomendado que o local seja bem lavado e, na sequência, seja aplicado um creme com hidroquinona, de três a quatro vezes ao dia. Além disso, é fundamental que a pele afetada não receba outros cremes, perfumes ou quaisquer outros produtos cosméticos. Para um tratamento mais eficaz, indica-se que seja aplicado protetor solar no local.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply