Nutrologia – Principais funções e quanto ganha um nutrólogo 

Primeiramente, é importante saber nutricionista e nutrólogo são profissionais diferentes, embora se complementam. Um nutricionista estudou nutrição. Já o nutrólogo, é um médico que se especializou em nutrologia. Ambos são responsáveis por oferecer orientações relacionadas à alimentação, obesidade e outros temas relacionados.

Mas então, qual a diferença entre um nutricionista e um nutrólogo? O primeiro ponto é a graduação. O nutricionista cursa nutrição e depois se especializa em alguma área como a nutrição esportiva. Já o nutrólogo faz medicina e se especializa em nutrologia médica.

Entenda melhor esse campo de estudo e sobre a profissão.

Nutrólogo

O que analisa esse campo de estudo?

Enquanto a nutrição conhece melhor cada alimento, procura ajudar pessoas a emagrecer ou ganhar peso, a nutrologia procura entender o que cada alimento faz no organismo de cada ser humano. Dessa forma, é possível entender porque um paciente tem dificuldade de ganhar ou perder peso.

A nutrologia também é conhecida como Nutrologia Funcional ou Nutrologia Médica. Em poucas palavras, estuda os benefícios e malefícios de cada nutriente ingerido para cada indivíduo. Afinal, cada organismo é diferente do outro, o que significa que absorve e usa os nutrientes de forma diferente.

Por exemplo, duas pessoas com a mesma altura e mesmo peso possuem corpos diferentes. Um é “gordo” enquanto o outro é definido. Isso acontece porque cada organismo absorve os nutrientes de uma forma. Portanto cada um precisa se alimentar de uma forma distinta do outro.

Através desse estudo o nutrólogo é capaz de diagnosticar, prevenir e tratar doenças relacionadas ao excesso ou deficiência de determinados nutrientes.

Durante o diagnóstico, o profissional é capaz de relacionar a alimentação e os hábitos de vida à outras áreas médicas, como a cardiologia ou oncologia. Qualquer doença relacionada aos hábitos de vida podem ser diagnosticada e tratada pela nutrologia.

Quais são os exames e procedimentos mais comuns?

A análise clínica é essencial para auxiliar no diagnóstico e até mesmo nos exames que devem ser realizados pelo paciente. Por relacionar os hábitos de vida, alimentares e outros aspectos, é importante que o nutrólogo tenha uma boa e franca conversa com o paciente. A partir disso, será solicitado os exames necessários.

Os mais comuns são:

  • BIA ou BIO (Bioimpedanciometria ou Bioimpedância) – exame para medir a taxa metabólica basal, gordura visceral, peso entre outros.
  • Exames de sangue;
  • Exames específicos com base na análise clínica.

O nutrólogo, por ter formação médica, pode solicitar outros exames de outras áreas, caso suspeite de alguma ligação entre os problemas.

Dependendo do resultado dos exames, ele poderá encaminhar para outros profissionais. Também está apto a medicar se for preciso.

Quanto ganha um profissional dessa área?

Nutrólogo

A média salarial de um nutrólogo varia de acordo com vários fatores, como a localização e a jornada de trabalho. Segundo o Sine (Site Nacional de Empregos), a média de cerca de R$ 8.600,00.

Inicialmente, estima-se que um profissional formado em nutrologia ganhe a partir de R$ 4,5 mil. Profissionais com carreira consolidada (mais de 8 anos atuando) podem receber até mais de R$ 14 mil mensais.

Como tornar-se um nutrólogo?

Para ser um nutrólogo é necessário muitos anos de estudo e dedicação. O primeiro passo é fazer medicina, já que a nutrologia é uma especialização dessa área.

Dessa forma, a formação envolve: graduação em medicina, residência médica e especialização em nutrologia.

Já o nutricionista, poderá cursar nutrição e se especializar em outras áreas, como nutrição esportiva, infanto materno, entre outras.

Quando procurar um médico com essa especialização?

O nutrólogo pode ser consultado em vários casos. Como por exemplo, para emagrecer ou ganhar peso. Caso o paciente perceba alguma alteração em seu rendimento esportivo ou outro sintoma semelhante, também deve agendar uma consulta.

O nutrólogo e o nutricionista podem trabalhar em conjunto. Já que o primeiro descobre as necessidades nutricionais do paciente, enquanto o nutricionista cuida especificamente da alimentação adequada.

Portanto, o profissional deve ser procurado para:

  • Emagrecer de forma saudável;
  • Ganhar peso;
  • Melhorar a qualidade de vida, principalmente em idosos;
  • Melhorar a performance esportiva;
  • Realizar acompanhamento nutrológico devido a doenças como diabetes e câncer;
  • Realizar acompanhamento em pacientes cardiopatas;
  • Realizar acompanhamento em pacientes pneumopatas;
  • Realizar acompanhamento em pacientes nefropatas;
  • Realizar acompanhamento em casos de menopausa ou outro problema hormonal;
  • Acompanhamento no pré e pós cirurgia bariátrica;
  • Casos de intoxicação por metais tóxicos.

Referências utilização neste conteúdo:

https://www.ativo.com/experts/qual-a-diferenca-entre-um-nutricionista-e-um-nutrologo/

http://abran.org.br/nutrologia/

https://portal.unigranrio.edu.br/blog/voce-conhece-as-diferencas-entre-nutricao-e-nutrologia


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply