Oftalmologia – O que é, O que estuda, Quanto ganha, Exames e Procedimentos

A oftalmologia é uma especialidade da medicina que tem como finalidade o estudo e tratamento de doenças dos olhos, garantindo que a capacidade de percepção visual não seja prejudicada.

Curiosamente, há pessoas que chamam o médico oftalmologista de oculista, mas isso é equivocado. O profissional especialista em oftalmologia tem papel clínico e cirúrgico, ou seja, diagnostica e trata doenças dos olhos.

O oculista, por sua vez, é um técnico responsável por produzir e consertar lentes de óculos que são utilizadas como tratamento de problemas de visão. Portanto, são profissões e casos diferentes.

O que analisa esse campo de estudo

Oftamologia

A oftalmologia analisa doenças que acometem os olhos e estruturas próximas a eles, como os órgãos que pertencem ao aparelho lacrimal. Além disso, também é de responsabilidade dessa especialidade a análise da visão.

Essas análises costumam ser feitas clinicamente e com exames específicos realizados no consultório ou em laboratórios especializados, ajudando a identificar e diagnosticar os seguintes pontos:

  • Acuidade visual (refere-se à clareza / nitidez de visão);
  • Astigmatismo;
  • Miopia;
  • Hipermetropia;
  • Presbiopia (vista cansada);
  • Grau ideal dos óculos;
  • Conjuntivite;
  • Doenças do nervo ótico (papiledema, neurite ótica e neuropática ótica isquêmica);
  • Catarata;
  • Glaucoma;
  • Retinopatia (doença que compromete a retina);
  • Degeneração macular.

Quais são os exames e procedimentos mais comuns

Oftamologia

A única maneira de saber a qualidade da visão do paciente ou de identificar doenças pontuais é por meio de exames. Entre os principais realizados estão atualmente estão estas opções:

  • Acuidade visual (com ou sem laser);
  • Biometria ultrassônica (tem como foco determinar o grau da lente intraocular);
  • Campimetria computadorizada (analisa a percepção visual central e periférica);
  • Curva tensional diária (mede a pressão intraocular durante o dia);
  • GDX (verifica fibras nervosas);
  • Gonioscopia (possibilita o diagnóstico de glaucoma);
  • Mapeamento da retina;
  • Microscopia especular da córnea;
  • Orbscan (tomografia da córnea);
  • Retinografia fluorescente e simples;
  • Testes ortóptico, de lente de contato, Teller (para acuidade visual), Ishihara (diagnostica o daltonismo) e Rosa Bengala (identifica danos na conjuntiva e córnea);
  • Topografia corneana;
  • Ultrassonografia do globo ocular.

Esses exames são feitos no consultório pelo próprio oftalmologista ou num laboratório, para diagnosticar com precisão o problema relatado pelo paciente na consulta, de modo a permitir o tratamento assertivo de doenças / distúrbios.

Quanto ganha um profissional da área

De modo geral, um médico oftalmologista tem remuneração de aproximadamente R$ 10 mil por mês. Esse valor pode ser maior ou menor por conta de alguns fatores específicos.

Por exemplo, oftalmologistas experientes e com especializações, pós-graduações, mestrado e doutorado geralmente ganham mais. O tempo total de atendimento mensal também influencia no valor.

Outros fatores que impactam diretamente nos ganhos do profissional são a cidade do país na qual o oftalmologista trabalha e seu tempo dedicado a cirurgias, que costumam aumentar significativamente a remuneração mensal.

Como tornar-se um oftalmologista?

Oftamologia

O interessado em entrar nessa área deve cursar medicina e escolher a oftalmologia como especialização. Outra forma é investir diretamente em universidades que oferecem cursos de oftalmologia.

Há universidades públicas e particulares que disponibilizam esses cursos, que costumam ter duração que varia de 4 a 6 anos, com realização de estágio obrigatório em hospitais e clínicas de atendimento.

Nesses cursos, o aluno passará por disciplinas como anatomia, cirurgia oftalmológica, ótica clínica, morfofisiologia da visão e tecnologias empregadas na oftalmologia.

Depois da formação, o profissional pode trabalhar em hospitais e clínicas públicos e privados, inclusive em laboratórios especializados na realização de exames de diagnóstico de doenças dos olhos.

Quando procurar um médico com essa especialização

O médico oftalmologista deve ser procurado com urgência assim que identificar os seguintes sintomas:

  • Vermelhidão nos olhos, especialmente quando ela não passa em poucos dias (pode indicar uma infecção ou glaucoma);
  • Fotobia, ou seja, sensibilidade à luz, que pode ser um indicativo de doenças oculares (está associada à degeneração macular ou lesão na córnea);
  • Visão embaçada (ocorre quando há catarata, vista cansada e glaucoma);
  • Visão dupla (típica do estrabismo);
  • Manchas na visão (acontece em casos de hemorragia vítrea, degeneração macular, catarata e descolamento da retina);
  • Dificuldade para distinguir cores (ocorre no daltonismo, catarata e glaucoma).

Se notar tais sintomas, não adie a consulta a um oftalmologista, porque isso pode aumentar o risco de desenvolvimento e agravamento de uma eventual doença, o que demandará tratamentos mais complexos e longos ou cirurgias.

É possível encontrar os melhores oftalmologistas em clínicas e hospitais públicos e particulares. Na dúvida, verifique se o profissional tem registro no CRM, para assegurar sua idoneidade.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply