Parto-Humanizado – Quando Fazer? Como Funciona? Vou Sentir Dor?

Há anos os médicos vem desenvolvendo técnicas cirúrgicas que promovem o parto sem que a mulher sinta dor e para salvar a vida do bebê e da mãe em casos de risco. A prática tem sido feita há tantos anos, que o parto normal se tornou cada vez mais incomum. O parto normal foi deixado de lado e as vontades da mulher são subjugadas e só se leva em consideração os critérios médicos. Para ir contra essa vertente foi criado o parto humanizado.

Ao longo do texto, você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre como funciona o procedimento, como ele é feito, quando você pode ou não fazer o parto humanizado. Afinal, com exceção à gravidez e partos onde a mãe, a criança ou ambos correm riscos de vida, é a mãe quem deve escolher como ela quer que o parto seja feito, afinal é ela que vai sentir todo o procedimento, cirúrgico ou não cirúrgico. Leia o texto e tire suas dúvidas:

O que é parto humanizado?

parto normal

O parto humanizado é um procedimento que leva em consideração os desejos da mãe. Muitas pessoas acreditam que o parto é um procedimento normal ao qual a mulher está preparada para fazer, de um modo natural. Essas pessoas afirmam que esse é um momento único e o qual faz parte da gravidez. A ideologia defende que sentir seu filho nascer é algo único e que se a mãe quiser ter o seu filho de tal maneira, isso deve ser respeitado.

No parto humanizado a mulher fica livre pra escolher como deseja ter seu filho. Não existe nada pré-moldado ou regras, à não ser respeitar a vontade da mulher que está dando à luz. Procura-se uma posição mais confortável e que não é necessariamente aquela que o médico indica. A mulher pode optar por uma luz mais baixa e confortável do que a luz branca e clara de hospital. O parto pode acontecer na água ou de várias outras formas.

O objetivo é exclusivamente dar uma maior possibilidade de opções e promover conforto à mulher que irá dar a luz. Transformar esse momento em algo íntimo dela e de seu filho para que seja lembrado com carinho. Afinal, o que mais se pretende é transformar o parto em algo agradável para aproximar a mãe de seu filho logo no nascimento. E não há limite de quantas pessoas entrar na sala, a mulher poderá estar acompanhada de quem quiser, o que pode fazer com que ela se sinta mais confortável durante esse momento.

Qual a diferença entre parto humanizado e parto normal?

parto humanizado

O parto humanizado é diferente do parto normal. Não há um consenso de que o parto humanizado precisa ser necessariamente normal. Existe a possibilidade de fazer uma cesárea mais humanizada. Você pode pedir pro médico melhores condições de luz, fazer alguns pedidos para o procedimento para que sejam atendidos. Escolher uma posição que seja viável para a cirurgia e que seja mais confortável.

Já o parto normal não existe necessariamente a parte humanitária. A mulher pode sofrer o que chamam de agressões médicas, ter a vagina cortada sem autorização. Pode ser que a futura mamãe sinta-se extremamente desconfortável e não tenha suas vontades respeitadas. Pode ser preciso necessariamente fazer o parto em um lugar que ela não concorde, em uma posição que não a agrade, entre diversos outros fatores.

Parto Normal ou Cesárea?

Como dito, você pode achar uma maneira de humanizar a cesárea também. Você pode fazer pequenas adaptações para que fique mais confortável. Não há ninguém que possa decidir o melhor para você do que você mesma. Algumas vezes o médico pode recomendar a cesárea para evitar complicações para a saúde da mãe e do bebê, nesse caso, não faço o parto normal humanizado para que não haja riscos.

Se estiver com dúvidas, converse com mães que fizeram o parto humanizado  e com aquelas que optaram pela cesárea. A recuperação do parto humanizado costuma ser mais segura, mas muita mulheres tem medo de sentirem dor. Há mães que se arrependeram de fazer o parto normal e existem mães que se arrependem da cesárea também. É preciso ouvir vários pontos de vista.

O parto humanizado vem se popularizando, mas não deixe isso influenciar pelo o que as outras pessoas acham. Esse é um momento seu e do seu filho e que deve ser respeitado. Caso escolha o parto humanizado, deixe sempre preparado o médico da cesárea em casos de emergência, o bebê pode estar virado pra baixo ou mal posicionado. Mas de modo geral o procedimento não contém riscos.

Quais mulheres devem fazer o parto humanizado?

parto domiciliar

O parto humanizado foi feito para mulheres que querem participar ativamente da gravidez. Mas para isso é preciso que elas sejam saudáveis e queiram fazer a força para por seu filho ao mundo. É para quem quer vivenciar o momento do parto por completo e fazer parte dele. E se considerar que o parto humanizado acontece do jeito que você quer, faça sua cesárea com algumas adaptações.

Benefícios

Lembre-se sempre do procedimento estar acompanho da de um profissional de confiança para auxiliar no parto. Ao fazer isso o procedimento será seguro e os benefícios são

  • Recuperação mais rápida que a da cesárea;
  • Não há a episiotomia, que é o corte na vagina para facilitar a saída do bebê;
  • O não uso de medicação promove uma melhor saúde do bebê;
  • Não existe risco de anestesias, mas esses riscos são mínimos hoje;
  • Há uma ligação imediata de mãe e filho;
  • O stress do momento diminui;
  • A mãe pode amamentar o filho logo depois do parto;
  • A mãe possui autonomia e suas vontades são respeitas;
  • Menores riscos de depressão pós-parto.

Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply