Pressão alta: sintomas e remédios mais recomendados

A pressão alta é um problema que tem afetado cada vez mais brasileiros. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 30 milhões de pessoas tinham essa doença em 2015, última vez que uma pesquisa desse porte foi elaborada. A hipertensão arterial é um problema crônico que surge a partir do aumento da pressão sanguínea nas artérias de nosso organismo. Esse fato impõe ao coração mais força para bombear o sangue para o corpo. Ao sobrecarregar o músculo cardíaco, pode trazer diversas doenças cardiovasculares ao indivíduo.

A pressão alta é um dos principais fatores que levam ao acidente vascular cerebral (AVC), infarto, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca, entre outros. Tudo ocorre nos vasos, por onde o sangue corre. Eles são cobertos por uma fina camada que é machucada pelo próprio sangue quando este circula com uma pressão maior. Esse movimento faz com que os vasos endureçam e se estreitem, podendo entupir ou mesmo romper.

Quando um vaso do coração entope, consequentemente causa a angina, que pode anteceder ao infarto. No cérebro, o rompimento de um vaso geralmente causa um AVC, podendo levar a pessoa à morte. Já nos rins é recorrente que hajam alterações na filtragem dos líquidos e até mesmo a paralisação dos órgãos.

A hipertensão arterial pode afetar tanto homens quanto mulheres, não importa a idade. Para saber se a pressão está alta, o aparelho que mede a pressão deve apontar a partir de 14 por 9. O ideal, portanto, é que a pressão esteja em 12 por 8 a até 13 por 8, dependendo da pessoa. E aqui cabe um alerta: essa doença é assintomática, ou seja, silenciosa, portanto, é fundamental que a pressão seja medida anualmente.

Sintomas

 

aparelho de pressao alta

Mas apesar de em geral a hipertensão ser assintomática, há alguns indícios que podem apontar que a pressão está fora do normal:

  • Dificuldade na respiração;
  • Dor de cabeça ou na nuca;
  • Enjoo;
  • Palpitações cardíacas;
  • Pontos de sangue nos olhos;
  • Sonolência;
  • Visão dupla;
  • Zumbido no ouvido.

Caso você esteja com alguns desses sintomas, procure um pronto-socorro imediatamente, pois a sua pressão pode estar muito alta.

Remédios mais recomendados

A melhor forma de combater a pressão alta é por meio da ingestão de medicamentos que vão proporcionar um maior controle da pressão sanguínea. Em geral, uma pessoa com pressão alta precisará tomá-los pelo resto da vida. Agregar atividades físicas, alimentação saudável e uma vida menos estressante ajudam consideravelmente no resultado.

Os remédios se dividem nas seguintes categorias:

  • Diuréticos: esses atuam nos rins e permitem uma maior eliminação de água e sal do organismo. Exemplos: Furosemida, Hidroclorotiazida, Indapamida e Espironolactona;
  • Vasodilatadores: tais medicamentos relaxam as artérias e as veias do corpo. Exemplos: Minoxidil e Hidralazina;
  • Bloqueadores dos canais de cálcio: essa categoria de remédios permite que os vasos sanguíneos se dilatem e carreguem melhor o sangue pelo organismo. Exemplos: Nifedipina, Amlodipina, Nicardipina e Verapamil;
  • Inibidores da enzima conservadora da angiotensina:aqui, as substâncias impedem que seja produzida a angiotensina, hormônio que aumenta a pressão. Exemplos: Captopril, Enalapril, Ramipril e Lisinopril. Outra categoria de medicamentos impede os efeitos deste hormônio. Exemplos: Losartana, Valsartana, Candesartana e Telmisartana.
  • Beta bloqueadores:esses controlam a pressão e diminuem a frequência cardíaca. Exemplos: Propranolol, Atenolol, Carvedilol, Metoprolol e Nebivolol.

Dicas para baixar a pressão

 

dicas baixar pressao

Caso você esteja em uma emergência, sem remédios e com a pressão alta, é bom seguir algumas dicas caseiras para tentar baixar a pressão, ao menos enquanto não tiver apoio de alguém para procurar um médico.

A primeira recomendação básica é tentar se acalmar. Tome um suco de laranja, respire fundo e busque ficar sereno. Após uma hora, meça a pressão novamente, se ainda estiver alta, vá ao médico.

Ainda sobre respiração, uma técnica interessante para baixar a pressão rapidamente é a seguinte:

  • Respire fundo pela barriga e conte lentamente até quatro;
  • Faça uma pausa e conte até dois e depois solte a respiração devagar contando até quatro;
  • Pare por um segundo e respire fundo como foi feito anteriormente. Repita o exercício.

Outra dica é deixar preparado alguns chás que costumam diminuir a pressão. Quando sentir algum dos sintomas descritos acima, basta bebê-los. O chá de alho é um bom exemplo. Para fazê-lo, bastam três dentes de alho, dois copos de água, suco de um limão e mel para adoçar. Ferva o alho esmagado com água e, quando entrar em ebulição, cozinhe por 15 minutos. Chá de Embaúba e de erva cidreira também atuam contra a hipertensão.

Vale ressaltar que essas dicas servem apenas para minimizar o problema. O ideal é que você tome seus remédios e procure um atendimento emergencial o mais rápido possível para evitar outros problemas.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply