Psicologia – O que estuda? Curso, Salário e Quando Procurar o profissional

Psicologia é o nome de uma ciência que estuda os fenômenos psíquicos e também de comportamento do ser humano levando em consideração as emoções, as ideias e os valores de cada indivíduo.

De forma simples, pode-se definir a psicologia como a área de conhecimento que engloba os aspectos emocionais e de personalidade das pessoas, observando, analisando, diagnosticando e prevenindo problemas e inadequações.

O que estuda a Psicologia?

Psicologia

A psicologia tem um campo de estudo extremamente vasto. Um psicólogo pode optar pelo trabalho na Psicologia clínica que visa atender pessoas que sofrem inquietações ou problemas emocionais – sua atuação pode se dar tanto de forma individual e em grupos sociais ou institucionais.

Outros campos de maior interesse da psicologia são:

  • Comportamento do consumidor: procura estudar o comportamento de certo grupo de consumidores que tem como objetivo orientar o marketing de agências de publicidade e empresas privadas,
  • Orientação profissional: atuação no âmbito escolar para facilitar a escolha de uma futura profissão,
  • Psicologia esportiva: seu foco são os atletas para seu preparo emocional em esportes e competições – o resultado é maximizar o rendimento e facilitar a interação entre membros das equipes e de times,
  • Psicologia educacional: o profissional soluciona os problemas de aprendizagem auxiliando pais, professores e alunos.

Pode também colaborar com programas educacionais nas escolas e em creches.

  • Psicologia da saúde: vai colaborar na assistência à saúde de pacientes e familiares quando há casos de recuperação tanto de saúde física quanto mental,
  • Psicologia hospitalar: profissional que faz o atendimento de pacientes hospitalizados e de seus respectivos familiares,
  • Psicologia jurídica: pode atuar em presídios – através da avaliação psicológica de detentos – assim como faz o acompanhamento de processos de adoção, guarda de filhos e violência contra menores,
  • Psicologia organizacional e do trabalho: faz seleção de funcionários para as organizações, assim como promove as relações saudáveis entre os colaboradores.

Pode também recomendar carreiras e auxiliar nos programas de reestruturação do trabalho.

  • Psicologia social: tem a incumbência de elaborar programas e pesquisas sobre a saúde mental dos cidadãos, podendo atuar em asilos, centros de atendimento a crianças e adolescentes, bem como penitenciárias,
  • Psicologia do trânsito: faz avaliação psicológica para condutores e futuros motoristas.

Na realidade, trata dos problemas relacionados ao trânsito e desenvolve ações socioeducativas dentro desse âmbito.

  • Psicomotricidade: planeja, implementa e avalia as atividades clínicas e elabora pareceres psicomotores em clínicas de reabilitação e serviços de assistência (em escolas, clínicas, hospitais, etc.).

Faz uso de recursos para o desenvolvimento, prevenção e reabilitação do paciente dentro da área da educação, reeducação e terapia psicomotora.

  • Neuropsicologia: diagnostica, acompanha, trata e pesquisa aspectos cognitivos, emotivos, da personalidade e comportamentais associados ao funcionamento cerebral.

Psicologia

Por isso, a Psicologia aplica seus conhecimentos na matemática, física, engenharia, informática, trânsito, ecologia, enfermagem, genética, administração, sociologia, educação, marketing e vários outros.

Tradicionalmente, a Psicologia se configura na conversa franca entre o profissional e o paciente – é uma forma de compreender a causa do problema, no funcionamento da causa e as possibilidades de solução.

O profissional presta assistência à pessoa para que ela seja capaz de enxergar com maior clareza.

Diversas outras abordagens podem ser aplicadas pelo profissional conforme sua especialidade e local de atuação. Porém, em geral há um estímulo ao paciente ser seu próprio agente de mudança através da empatia e contato humano.

Salário da Psicologia

O salário dos psicológicos pode variar bastante de estado para estado, mas também o que mais altera o valor final é seu campo de estudo, isto é, a sua própria qualificação profissional.

Por isso, não é possível prever um salário correto para profissionais de Psicologia.

Uma ideia de média salarial vai desde R$ 2.750,00 a R$ 25.000,0.

Curso de Psicologia

Se tornar um psicólogo exige formação em Psicologia – o curso de bacharelado tem duração de cinco anos e está disponível em todas as instituições de ensino de confiança do Brasil.

Algumas outras instituições oferecem Psicologia em licenciatura para a formação de professores e outros profissionais interessados no trabalho em ambientes escolares. A especialização pode vir posteriormente.

Psicologia

Quando procurar o profissional de Psicologia?

A ideia de que um psicólogo (e outros profissionais que tratam doenças mentais) é “coisa de louco” já está ultrapassada.

Procurar ajuda profissional e a terapia podem ser essenciais na resolução de problemas do passado, do presente e inclusive do futuro.

São algumas razões pelas quais você precisa procurar um psicólogo:

  • Quando deseja entender suas emoções e como lidar com seus sentimentos,
  • Quando deseja melhorar suas relações com você mesmo (a) ou com outros,
  • Quando precisa de um ponto de vista diferente sobre um determinado problema,
  • Quando precisa que alguém te ouça sem julgamentos,
  • Quando precisa superar algum trauma ou obstáculo,
  • Quando precisa ter um espaço para si mesmo (a),
  • Quando quer diminuir sua ansiedade e/ou melhorar algum aspecto comportamental seu que está lhe afetando a saúde.

Procurar ajuda de um psicólogo é uma atitude inteligente, pois ninguém merece sofrer com dores emocionais.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply