Remédio para pressão alta – Caseiro e de farmácia e ainda como controlar?

A hipertensão é caracterizada por níveis superiores à 14/9 mmHg e atinge principalmente idosos. Alguns remédios para pressão alta caseiros como o pó de alho, o suco de berinjela com laranja, a infusão de embaúba e a vitamina de goiaba podem auxiliar o tratamento de forma natural e serem usados juntamente com medicamentos receitados pelo médico especialista.

A pressão alta representa um esforço maior do coração para que o sangue circule. As principais causas são fatores genéticos, maus hábitos alimentares, obesidade, tabagismo, estresse e sedentarismo. É extremamente importante controlar a pressão alta, já que a doença pode causar complicações graves como infartos, derrames e insuficiência renal. Algumas doenças como o diabetes e condições como a gravidez aumentam o risco de desenvolver a hipertensão.

Pressão alta

Remédio caseiro para pressão alta

Os remédios para pressão alta caseiros funcionam como aliados no combate à doença. Mas hábitos alimentares saudáveis e a prática de exercícios físicos regulares devem fazer parte do tratamento.

Algumas receitas naturais eficientes no combate à hipertensão são:

  • Alho em pó: o alho é um conhecido agente natural ao combate à hipertensão. Ele incentiva a produção de óxido nítrico que relaxa os vasos sanguíneos, agindo como um dilatador natural. A alcina, abundante no alho, regula o colesterol e reduz a pressão alta. Para preparar o pó, doure o olho em azeite de oliva, tomando cuidado para não queimar. Após dourado, retira o excesso de azeite com um papel toalha e deixe esfriar. Triture e utilize para temperar a comida em substituição ao sal;
  • Suco de berinjela com laranja: Essa combinação age eliminando o excesso de gordura que obstrue as artérias e controla a pressão arterial. Basta misturar ½ berinjela crua com casca, 1 laranja com bagaço e 1 copo de água com o auxílio de um liquidificador;
  • Infusão de embaúba: a planta tem propriedades cardiotônicas com função diurética. Atuam no organismo equilibrando o excesso de líquidos na circulação sanguínea, reduzindo a pressão alta ao eliminar as impurezas pela urina. Para fazer a infusão, despeje 500ml de água fervente em 3 colheres de chá de folhas secas de embaúba picadas. Deixe descansar por 10 minutos e beba;
  • Vitamina de goiaba: Rica em vitaminas A, B2, C e licopeno e fibras solúveis. Esse conjunto de nutrientes agem no organismo reduzindo o colesterol e aliviando a pressão no interior das artérias.

Como controlar a pressão com remédios

Em casos graves da hipertensão, não há como controlar a doença somente com dietas e exercícios físicos. Nessa situação, alguns remédios para pressão alta serão receitados pelo médico especialista com o objetivo de reduzir a pressão. Eles podem ser usados em conjunto com os remédios caseiros por serem naturais.

Os principais tipos de medicamentos anti-hipertensivos são:

  • Inibidores de enzima conversora de angiotensina: medicamentos como Captopril, Ramipril ou Lisinopril. Essa categoria atua suprimindo a enzima angiotensina, responsável pelo o aumento da pressão arterial, mas possui o efeito colateral de tosse seca. O Losartana, Candesartana e Valsartana não apresentam esse efeito;
  • Diuréticos: Os medicamentos como Furosemida, Hidroclorotiazida, Indapamida ou Espironolactona são considerados diuréticos. Eles atuam no organismo aumentando a frequência urinária, eliminando o excesso de sal e reduzindo o inchaço. Mas apresentam efeitos colaterais relacionados à desidratação, ao aumento dos níveis de glicose e ácido úrico e redução do sódio e do potássio;
  • Bloqueadores dos canais de cálcio: Esses anti-hipertensivos possuem duas categorias: os dihidropiridinas com grande efeito vasodilatador (Nifedipina, Nicardipina e Felodipina); e os não-dihidropiridinas que são capazes de reduzir a frequência cardíaca e a contração do coração, indicados para quem sofre com arritmias (Verapamil e Diltiazem);
  • Vasodilatadores: Os remédios como Minoxidil e a Hidralazina relaxam as veias e artérias e causam a dilatação dos vasos sanguíneos. As artérias e veias se alargam e reduzem a pressão arterial. Essa medicação é indicada para casos graves em que se torna difícil o controle da pressão alta;
  • Beta bloqueadores: Remédios como o Propranolol, Carvedilol, Metaprolol e Atenolol atuam reduzindo a frequência cardíaca e, por isso, acabam controlando a hipertensão. São mais indicados para mulheres e jovens por possuírem uma frequência cardíaca maior.

Os remédios para pressão alta costumam apresentar inúmeros efeitos colaterais. Por isso, fazer uso dos remédios caseiros naturais, manter uma alimentação equilibrada e exercícios físicos são válidos para auxiliar no tratamento da doença e, talvez, reduzir a dose dos remédios receitados, conforme orientação médica.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply