Remédios que causam depressão – Quais são? Lista de nomes

Todo remédio possui reação adversa, de acordo com a ciência. No entanto, o mal do século – a depressão – também pode estar na lista de efeitos colaterais de alguns remédios, muitos dos quais tem indicação médica comum e podem ser comprados sem receita. Esta doença silenciosa é caracterizada pela diminuição precoce de serotonina (hormônio perceptivo de bem-estar) ocasionando insônia, tristeza profunda e distúrbios emocionais.

É evidente que nem todos que tomarem remédios com este tipo de contraindicação ficará doente, já que as reações adversas são listadas nas bulas com base em possibilidades de ocorrência que podem ser pequenas ou maiores, dependendo da medicação. Abaixo segue a lista de nomes comerciais de remédios que podem ocasionar ou facilitar o desenvolvimento da depressão.

remédios que causam depressão

Quais remédios podem provocar depressão?

Na maior parte, as bulas de remédio que possuem a depressão como efeito colateral, também incluem outros sintomas característicos da doença emocional como a queda de cabelo, espinhas, insônia, ânsia de vômito ou dores de cabeças.

Os nomes comerciais de remédios que incluem a possibilidade de desenvolvimento de depressão são:

RemédioPara que serve
GadernalTratar ansiedade e controlar epilepsia
LopressorControle de problemas cardíacos
Ms ContinAliviar a dor
RoacutanTratar a acne
ZocorControle dos níveis de colesterol
ZoviraxTratamento da herpes

Esses remédios fazem parte de uma grande lista de drogas que acabam, por vezes, piorar a situação do enfermo. Indivíduos com histórico de problemas psiquiátricos como esquizofrenia ou depressão, devem trocar o uso destes remédios acima por outros e consultar um médico para ter certeza de que os benefícios da medicação são maiores do que os riscos.

Tentar buscar meios naturais de se tratar pode ser a saída em alguns casos. Converse com um especialista sobre sua situação. Cada caso deve ser levado como específico. O importante a se ressaltar é que a troca dos remédios acima por outros é extremamente possível e necessário. Novos horizontes, maneiras de ver e tratar a medicina é ampliado todos os dias.

Como descobrir que está com depressão?

Existem doenças mais difíceis de serem descobertas e reconhecidas, do que tratadas. Os sintomas de depressão são facilmente confundidos com os de outra doença. É complexo reconhecer um quadro de tristeza e aonde ela difere da depressão.

Abaixo está uma lista dos principais sintomas da depressão:

  • Baixo astral, choro compulsivo;
  • Desesperança, sensação de inutilidade;
  • Pouca energia, falta de interesse;
  • Dormir demais ou dormir pouco;
  • Comer demais ou comer pouco.

Toda e qualquer doença precisa de um médico preparado para dar o veredito final. Não é recomendado que o paciente ou pessoa próxima busque a cura sem consulta médica prévia.  As chances de atestar a doença de maneira equivocada ou indicar o remédio inapropriado para tal situação são grandes e os danos podem ser irreversíveis.

Como tratar a depressão?

A depressão é um campo ainda por se conhecer. Cada paciente precisa de uma atenção especial e diferenciada para se reencontrar.É comum encontrar diversas dificuldades ao enfrentar o processo depressivo. A pessoa adoecida se encontra sem forças físicas e mentais. Muitas vezes reagirá mal a estímulos de parentes. É necessário paciência e apoio de amigos e familiares para ajudar uma pessoa nessa situação.

Além de remédios como fluoxetina e Paroxetina, alguns outros métodos vêm sendo usados. Exercícios físicos são de muita ajuda em momentos como esse. Manter uma dieta saudável que inclua alimentos como  como banana, aveia e leite, também é tópico fundamental. A longo prazo, recomenda-se tratamento psicológico para que o autoconhecimento ajude a prevenir a reincidência da depressão.

No campo do tratamento alternativo fazem sucesso técnicas como acupuntura e meditação surtem efeito em muitos dos adoecidos citados. Estes dois métodos prometem harmonia e sensação de bem-estar. O Reiki, uma espécie de energização usando as mãos, vem sendo outro grande aliado contra depressões profundas, dizimando os sintomas depressivos.

Por fim, ao perceber os sintomas, procure um médico. A depressão tem cura e pode ser prevenida, o primeiro passo você já fez: que é o de manter-se bem informado sobre o assunto.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply