Shampoo para queda de cabelo – Como escolher o seu shampoo?

A perda de cabelos é um problema bastante comum e que afeta de diversas maneiras as pessoas. Mas antes é importante entender que a queda de cabelos em si não é um fenômeno incomum, sendo, na verdade, algo bastante normal, já que é parte do seu ciclo de vida, em que novos fios nascem para substituir aqueles que morrem e caem.

Quem vai conseguir diferenciar uma queda de cabelo normal de um problema patológico é o dermatologista, que irá examinar o couro cabeludo para verificar possíveis alterações, além de fazer o exame de tração, em que são puxados fios em tufos por toda a cabeça. A quantidade de cabelo que cair vai ajudar a entender se a queda é algo normal do ciclo da vida dos fios ou se corresponde a alguma disfunção do organismo.

Shampoo para queda de cabelo

Há várias causas para a queda patológica do cabelo. Entre elas podem estar a anemia, doenças da tireoide, doenças infecciosas e autoimunes, distúrbios nutricionais e até mesmo amamentação, pós-cirurgia, tratamentos hormonais ou mesmo em decorrência do parto. Doenças cutâneas como a alopecia areata também podem causar a queda, mas nessas situações ocorre também a presença de áreas sem pelos.

Como encontrar o melhor shampoo contra a queda de cabelo

Para encontrar o melhor shampoo para combater a queda de fios é fundamental em primeiro lugar que você conheça o seu cabelo, pois cada um possui características próprias, devendo, portanto, ser tratado com produtos específicos. Enfim, seu cabelo é seco, oleoso, misto, quimicamente tratado? Também é importante verificar a saúde do couro cabeludo. Tudo para que o shampoo escolhido atenda às necessidades da raiz do cabelo. Veja abaixo algumas dicas mais detalhadas para que você consiga acertar no produto:

Atenção à nutrição e à hidratação: é fundamental manter o cabelo hidratado e nutrido. Para isso, é importante ler o rótulo do produto e procurar os elementos que vão ajudar nesse processo, tais como o leite de soja, a manteiga de karité, a proteína de ovo e a glicerina, pois eles são ótimos para o cabelo. Quanto mais ingredientes desses no shampoo, melhor para o seu cabelo!

Cuidado especial para cabelos oleosos: esse tipo de cabelo necessita de uma atenção especial em dois aspectos em particular: equilíbrio do pH e força do produto. No primeiro item, é bom ver no rótulo se o shampoo não é apenas dedicado a cabelos oleosos, mas se seu pH está equilibrado. No segundo aspecto, se o produto for para cabelos oleosos, estiver equilibrado, mas, mesmo assim, os cabelos estiverem caindo, é porque o shampoo é muito forte. Isso acaba sendo prejudicial porque o cabelo oleoso precisa ser lavado com frequência para manter o brilho. Veja no rótulo se o produto contém hamamélis e bardana, indicados para cabelos oleosos.

Cabelos secos devem focar na hidratação: a principal preocupação para quem tem esse tipo de cabelo está na hidratação. Portanto, fuja de shampoos com muitos produtos químicos, pois eles irão danificar seus fios e gerar perda de cabelo.

Dicas para cabelos normais: quem tem esse tipo de cabelo e não tiver qualquer problema com fios secos, mas ainda estiver perdendo cabelo, é bom verificar se não há irritações no couro cabeludo. Para combater esse problema, procure no rótulo shampoos que contenham óleos de árvore de chá.

Atenção especial aos tingidos: cabelos pintados receberam tratamento químico, logo merecem um cuidado diferenciado. Procure produtos feitos especialmente para cabelos tingidos, pois não é qualquer shampoo que vai fazer bem em seu cabelo colorido.

Observe se tem sulfato na composição: algumas substâncias muito usadas nos shampoos podem fazer mal aos cabelos. É o caso do sulfato, responsável pela espuma e por limpar o cabelo. Porém, ele pode em alguns casos agredir demais os fios, retirando até algumas propriedades essenciais do cabelo. Mas isso pode acontecer mais em cabelos ressecados, tingidos, cacheados ou com químicas, que requerem a menor agressão possível. O sulfato pode ser usado para evitar coceiras e alergias, quebras e ressecamento de fios e para impedir que a cor do cabelo desbote. Essa substância é encontrada nos rótulos como sulfate e sodium.

Cuidado com o petrolato: essa substância é derivada do petróleo e cria uma película impermeável nos fios. Usado frequentemente, essa barreira impede a entrada de elementos hidratantes e até pode impedir a limpeza dos fios. Para removê-lo não basta água, sendo necessária uma grande quantidade de sulfato, o que pode agredir o couro cabeludo e levar à queda de fios, ou torna-los frágeis e quebradiços. Para fugir desse problema, procure soluções low poo ou no poo, que não contém tais substâncias.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply