Teste de paternidade – Como funciona, Preço, Dá pra fazer grávida?

O teste de paternidade é popularmente conhecido como “teste de DNA”. O objetivo é identificar os vínculos biológicos entre o homem e o bebê comparando uma sequência de DNA entre eles.De acordo com os especialistas, os genes não mentem jamais, por isso, os testes genéticos são considerados  as digitais de uma pessoa, pois entrega a sua identidade e seus laços de família.

Os testes de DNA são bastante recentes, ele foi uma grande descoberta científica em 1985 pelo geneticista Alec Jeffreys, o processo de identificação por meio da análise deu origem a inúmeros exames, inclusive o de identificação de pessoas e detecção de doenças genéticas.

teste de paternidade como funciona

Como funciona o teste de paternidade?

Diversos materiais podem ser avaliados no teste de DNA, entre eles: o sangue, cabelo ou saliva (mucosa oral). O DNA é formado por  vários blocos que formam uma espécie de cadeia, para avaliar a paternidade são analisados trechos específicos dessa cadeia, chamados de “polimórficos”, que são totalmente diferentes em cada indivíduo.

Quando a comparação é feita entre um pai e filho, a margem de semelhança é de 99,99%. O teste de paternidade pode ser feito exclusivamente entre o pai e o filho, mas geralmente, é comparado o DNA da mãe também para evitar qualquer tipo de dúvida.

É possível fazer o teste de paternidade grávida?

A evolução da medicina permite a realização do teste de paternidade em mulheres grávidas. Ele pode ser feito à partir da 12ª semana da gestação e o método utilizado é a biópsia de vilosidade coriônica que visa retirar uma pequena amostra da placenta, a qual contém células do feto.

Na 16ª semana já é possível coletar o líquido amniótico, o fluído que envolve o embrião, e na 20ª semana é feito pela análise da cordocentese (sangue retirado do cordão umbilical).Depois da retirada da amostra, são extraídos o DNA que é comparado com o DNA do suposto pai.

A coleta ginecológica é um procedimento bastante seguro, a precisão do teste de paternidade na gravidez é de 99,99%.Os resultados do teste demoram em média de 5 a 15 dias úteis para ficarem prontos, vai depender do laboratório. É importante lembrar que o DNA jamais é atingido por fatores externos como: Uso de bebidas alcoólicas e medicamentos.

No entanto, quando o sangue é avaliado há riscos de resultados imprecisos quando o pai ou a mãe tiverem histórico de transfusão de sangue ou transplante de medula 6 meses antes da realização do teste de paternidade.Para tirar a dúvida, nesses casos são orientados a análise do DNA da saliva ao invés do sangue.

Em suma, existem duas formas de realizar o teste de paternidade, pré natal e pós natal. O segundo é considerado o mais tradicional onde a necessidade é apenas de uma remoção da mucosa da boca para ser colhido o material do pai, mãe e recém nascido.

A amostra do recém nascido pode ser colhida 1 hora após o seu nascimento, nesse caso, a análise geralmente é mais vantajosa financeiramente.

teste de paternidade

Preço do exame

A análise dos materiais coletados ainda é bastante custosa, especialmente porque devem ser realizados em laboratórios especializados. Para as pessoas que não tem condições financeiras, é possível realizar o teste de DNA gratuitamente através de um pedido judicial que pode ser solicitado por um advogado na defensoria pública.

O preço do teste de paternidade se diferencia bastante de acordo com a cidade, estado laboratório e também com método de coleta.

Quando o teste é realizado durante a gestação com a coleta de amostras realizadas nas seguintes etapas: Coleta do feto,  mãe (sangue)  e do suposto pai (saliva) os valores podem variar de R$ 2.000,00 a R$ 5.000,00.

Para exames realizados no pós natal (coletado material do recém nascido, mãe e pai) os preços do teste de DNA ficam entre R$ 600,00 a R$ 2.000,00.

Tanto a análise da saliva, cabelos e sangue possuem a mesma precisão, pois contém a mesma sequência de DNA. No geral, o uso da mucosa oral é mais utilizada por ser uma alternativa menos dolorosa e mais rápida de ser realizada.

Vale ressaltar que esse procedimento também é extremamente útil para identificar suspeitos em um crime e vítimas de acidentes onde o corpo ficou desfigurado.

Referência

FONSECA. Cláudia. A certeza que pariu a dúvida: teza que pariu a dúvida: teza que pariu a dúvida:
paternidade e DNA paternidade e DNA. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/ref/v12n2/23958>

SOCIEDADE BRASILEIRA DE GENÉTICA. Genética na escola. Disponível em <http://www.uel.br/pessoal/rogerio/genetica/textos/pratica_paternidade.pdf>


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply