Viagra (Azulzinho) da Pfizer e Genérico – Efeitos, Funciona?

Viagra é um medicamento voltado para o público masculino de prescrição utilizado no tratamento da disfunção erétil e impotência sexual. Com o objetivo de ajudar o homem a manter uma ereção quando sexualmente excitado ou estimulado, o Viagra aumenta o fluxo sanguíneo para o pênis.

azulzinho

Em março de 2018, fez duas décadas que esse pequeno comprimido azul foi lançado no mercado dos Estados Unidos, desencadeando uma revolução na cultura popular moderna. Essa pílula permitiu que homens impotentes voltassem a ter uma vida sexual ativa, além de fazer com que o problema de disfunção erétil fosse discutido abertamente. Desde o lançamento, estima-se que o laboratório Pfizer, dono da patente, chegou a não dar conta dos pedidos. Atualmente há outros concorrentes no mercado e diversas campanhas publicitárias ajudam ao público masculino a tratar essa questão com mais desenvoltura.

 Efeitos

O Viagra deverá ser ingerido pelo menos uma hora antes de qualquer atividade sexual e recomenda-se que tome apenas uma dose a cada 24 horas. Os efeitos mais comuns são:

– Tontura;

– Problemas digestivos;

– Congestão nasal;

– Visão turva e azulada.

A pílula pode acarretar efeitos ocasionais em pelo menos 1 em cada 10 pessoas, como dores musculares, irritações cutâneas, vômitos e náuseas, sonolência e cansaço. Pode acometer efeitos raros em alguns indivíduos, como sangramento nasal, desmaio e perda auditiva.

Cabe salientar que o Viagra é comercializado juntamente com um folheto informativo, o qual contém detalhes acerca dos efeitos que podem surgir e quais as precauções o indivíduo deverá tomar.

Quando não tomar

O Viagra não pode ser tomado juntamente com bebidas alcoólicas. Isso potencializará o surgimento de efeitos colaterais. Além disso, essa junção poderá prejudicar a capacidade de manter a ereção. Sendo assim, para obter os efeitos desejados, recomenda-se não fazer o uso de bebidas alcoólicas enquanto estiver em tratamento.

viagra

A pílula azul contém lactose em sua formulação. Dessa forma, caso o paciente apresente intolerância a determinados tipos de açúcar, como a lactose, por exemplo, o médico deverá ter ciência antes de iniciar o tratamento.

Esse medicamento não é recomendado para menores de dezoito anos. Sabe-se que muitos jovens têm utilizado o Viagra para impressionar suas parceiras sexuais ou para vencer a ansiedade da primeira experiência sexual. O que eles não sabem é que essa é a causa mais comum de impotência no público jovem, haja vista que, em um organismo jovem, o Viagra pode intensificar ainda mais os efeitos colaterais do que o normal.

Como adquirir

 O Viagra não pode ser vendido sem que um profissional com conhecimentos específicos emita a receita. É possível comprar o Viagra pela internet, contudo, é necessário, também, a emissão de uma prescrição médica.

Ressalta-se que o princípio ativo do Viagra Pfizer poderá provocar consequência irreversíveis para a saúde de pessoas que possuem patologias pré-existentes, como no caso de pessoas hipertensas e com problemas cardiovasculares, por exemplo. Diante disso, é obrigatório que o médico tenha conhecimento do quadro de saúde e tenha ciência do histórico clínico de um paciente que esteja precisando do tratamento. Apenas após essa anamnese, o médico prescreverá a receita e deixará o paciente ciente de todos os prós e contras.

O uso de medicamentos de origem duvidosa pode acarretar problemas sérios e/ou provar reações alérgicas devido à ingredientes presentes na formulação. Como o paciente não terá certeza quanto aos compostos presentes na fórmula, tampouco ao prazo de validade, além da disfunção erétil ele desencadeará outros problemas.

A compra online é uma das alternativas para os homens mais envergonhados. Embora haja sites especializados em que uma equipe médica analisa o caso do paciente e prescreve a dose, a venda não é feita sem a apresentação deste.

Comprar Viagra Pfizer sem receita médica é perigoso e ilegal, sem mencionar que a chance de adquirir um medicamento falsificado pode provocar sérios danos à saúde.

O valor pode compreender entre R$ 80,00 e R$ 100,00.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply