Para que serve a vitamina B1? Veja aqui.

A Vitamina B1, ou tiamina como também é conhecida, é uma das seis principais vitaminas do complexo B, sendo que esta se caracteriza por ser hidrossolúvel, isto é, ela é dissolvida em água.

Normalmente, a vitamina B1 não tem um armazenamento satisfatório em seu organismo, por isso é essencial que você tenha um consumo diário desse nutriente. Saiba como ela pode ser essencial para seu metabolismo, além de:

  • Benefícios,
  • Alimentos ricos em Vitamina B1,
  • Riscos de deficiência,
  • Tratamento (como consumir).

Principais benefícios da vitamina B1

Para que serve a vitamina B1? Veja aqui.

Uma curiosidade acerca da vitamina B1 é que ela foi a primeira do complexo B a ser descoberta – desempenhando um papel fundamental em nosso organismo, principalmente na manutenção do sistema nervoso e na melhoria da função cardiovascular.

De fácil absorção, já que ela é hidrossolúvel, a vitamina B1 atua de forma eficaz na energia corporal, convertendo o carbono em glicose, ingrediente especial para regular o nosso nível de disposição.

Confira só todos os benefícios que a vitamina B1 proporciona para nosso corpo:

  1. Ativa o sistema de enzimas que auxiliam na oxidação do açúcar, já que este é a principal fonte de energia para o corpo,
  2. Proporciona sensação de bem-estar e vitalidade,
  3. Estimula uma boa memória, a concentração e o raciocínio,
  4. Previne o mal de Alzheimer,
  5. Mantém o bom funcionamento do sistema digestivo,
  6. Auxilia no emagrecimento, evitando o acúmulo de gordura e na intensificação da fome,
  7. Retarda o desenvolvimento da catarata, conforme dados de pesquisas,
  8. Combate os radicais livres, aquelas substâncias nocivas que causam o envelhecimento precoce,
  9. Ajuda na hipertrofia muscular, pois faz com que os músculos recebam o oxigênio necessário para seu desenvolvimento.
  10. Estimula a produção de acetilcolina, neurotransmissores que têm a responsabilidade de transmitir mensagens dos neurônios aos músculos.

Isso quer dizer que a vitamina B1 alcança seus benefícios até para o coração, podendo proteger a regularidade das funções do órgão, bem como melhorando a comunicação entre ele e o sistema nervoso.

Alimentos ricos em Vitamina B1

Você pode encontrar a vitamina B1 em diversos alimentos do seu dia a dia, porém esse nutriente pode estar em maior ou em menor quantidade, dependendo do tipo de alimento que você escolher.

Dessa maneira, ingerir a vitamina B1 envolve os seguintes alimentos que contam com uma grande quantidade da mesma:

  • Peixes, tais como o atum e salmão;
  • Carne vermelha, como a do porco;
  • Cereais integrais: aveia, quinoa, gérmen de trigo, centeio e o amaranto;
  • Leguminosas, em especial o feijão, mas pode-se citar o grão-de-bico, assim como ervilha, soja e amendoim;
  • Vegetais folhosos: couve, acelga, espinafre, almeirão e agrião;
  • Frutas oleaginosas, como, por exemplo, a castanha-do-Pará, amêndoas e castanha de caju.

Ainda, podemos citar a presença da vitamina B1 nestes alimentos:

  • Arroz integral,
  • Aspargos,
  • Batata,
  • Berinjela,
  • Couve-de-bruxelas,
  • Lentilha,
  • Sementes de girassol,
  • Soja,
  • Tomate.

A recomendação é que você consuma uma quantidade adequada de cada um desses alimentos, variando-os por dia para que sua dieta seja equilibrada e saudável.

Vitamina B1: carência e excesso no organismo

Para que serve a vitamina B1? Veja aqui.

Pela importância da vitamina B1 para nossa saúde, a deficiência dela no organismo pode acarretar em problemas – essa carência costuma aparecer em pessoas que possuem uma alimentação bem desequilibrada, ou seja, quem não procura se alimentar de maneira saudável, principalmente com o consumo exagerado de carboidratos simples e bebidas alcoólicas.

O excesso de vitamina B1 também pode ocasionar certas complicações, embora essa ocorrência seja bem rara de acontecer.

Conheça quais são os sintomas comuns de uma deficiência de vitamina B1:

  • Fadiga;
  • Perda de peso;
  • Distúrbios emocionais, isto é, emoções alteradas – irritabilidade é o mais frequente, embora seja um sintoma leve.

A deficiência da vitamina B1 pode causar uma doença chamada beribéri, que se caracteriza por vários sintomas que incluem alterações nervosas, cardíacas e cerebrais.

Já a overdose de vitamina B1, isto é, ter uma quantidade excessiva da vitamina no organismo também pode proporcionar certos efeitos desagradáveis. Veja só quais são:

  • Agitação;
  • Aperto na garganta;
  • Excesso de sono;
  • Fraqueza;
  • Insônia;
  • Náuseas;
  • Sensação de calor;
  • Sudorese;
  • Vasodilatação, podendo ocasionar enxaquecas e dores nos membros.

Deve-se ter o cuidado nesses casos para que não se faça suplementação da vitamina B1 sem o cuidado médico ou sem acompanhamento adequado.

Consumo de Vitamina B1: suplementação

Como comentado, além da ingestão dos alimentos ricos em vitamina B1 existe a possibilidade de uso de suplementos para suprir a deficiência deste nutriente em seu organismo.

É interessante levar em consideração alguns cuidados relacionados ao consumo da vitamina B1, não somente via suplementação, mas também pela alimentação, em que a orientação e supervisão de um profissional se torna especialmente necessário para que não se agrave qualquer problema de saúde já existente.

Cabe ainda mencionar que a suplementação de vitamina B1 é contraindicada para quem tem hipersensibilidade aos componentes da fórmula, assim como para:

  • Bebês e crianças,
  • Gestantes,
  • Lactantes,
  • Idosos.

As doses devem ser administradas conforme recomendação médica para não causar toxicidade.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply